Prevalência de sobrepeso e obesidade entre crianças de 7 a 10 anos atendidas em uma unidade de Estratégia Saúde da Família - ESF

  • Maria Suzana Marques Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG
  • Joviene Rose Silva Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG
  • Celina Aparecida Gonçalves Lima Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG
  • Eliana Maria Guimarães Costa Maia Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG
Palavras-chave: obesidade, fatores de risco, sobrepeso, crianças

Resumo

Objetivos: Estabelecer a prevalência de sobrepeso e obesidade entre crianças cadastradas em unidade de Estratégia Saúde da Família. Métodos: Estudo descritivo, quantitativo, de corte transversal, com população alvo de 134 crianças de 7 a 10 anos de idade. Foi calculado o índice de massa corporal das crianças e aplicado questionário sobre práticas alimentares e atividade física. No tratamento estatístico dos dados foi usado o SPSS versão 19, utilizando-se os procedimentos: média, desvio padrão, frequência, teste t  e Qui Quadrado. Usou-se Odds ratio de prevalência  com intervalo de confiança de 95%. A importância relativa dos fatores estudados no risco da criança apresentar sobrepeso ou obesidade foi observada pelo ajuste do modelo regressão logística. Resultados: Foram avaliadas 86 crianças de ambos os sexos. A taxa de sobrepeso foi de 17,5% e de obesidade de 25% entre meninas e 4,3% de sobrepeso e 13% de obesidade entre meninos (p=0,061). Crianças matriculadas na rede particular tiveram 18,8% de sobrepeso e 37,5% de obesidade enquanto nas da rede pública as taxas foram de 8,6% e 14,3%, para sobrepeso e obesidade, respectivamente (p=0,058). As demais variáveis não foram estatisticamente significativas após a aplicação do modelo de regressão logística. Conclusão: Houve alta prevalência de sobrepeso e obesidade na população estudada, principalmente entre crianças matriculadas na rede particular e do sexo feminino.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Suzana Marques, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG

Médica com especialização em Saúde da Família pela Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES.

Joviene Rose Silva, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES

Celina Aparecida Gonçalves Lima, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG

Especialista em Estatística e professora da Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Eliana Maria Guimarães Costa Maia, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Montes Claros, MG
Mestre em Epidemiologia - UNIFESP. Médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia e professora da Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES.

Referências

Guedes DP, Rocha GD, Silva AJ, Carvalhal IM, Coelho EM. Effects of social and environmental determinants on overweight and obesity among Brazilian schoolchildren from a developing region. Rev Panam Salud Publica. 2011;30(4):295-302.

Moreira MA, Cabral PC, Ferreira HS, Lira PI. Overweight and associated factors in children from northeastern Brazil. J Pediatr (Rio J). 2012;88(4):347-52. DOI: http://dx.doi.org/10.2223/JPED.2203

Coelho LG, Cândido AP, Machado-Coelho GL, Freitas SN. Association between nutritional status, food habits and physical activity level in schoolchildren. J Pediatr (Rio J). 2012;88(5):406-12.

World Health Organization - WHO. Obesity and Overweight. [Internet]. World Health Organization; [acesso 23 Jul 2012]. Disponível em: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs311/en

International Association for the study of obesity - IASO. The Global Epidemic [Internet]. London: International Obesity Task Force - IOTF; [acesso 23 Jul 2012]. Disponível em: http://www.iaso.org/iotf/obesity/obesitytheglobalepidemic

Brasil. Ministério da Saúde. VIGITEL Brasil 2013. Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

Melo ME. Diagnóstico da Obesidade Infantil [Internet]. São Paulo: Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica - ABESO; [acesso 3 Ago 2012]. Disponível em: http://www.abeso.org.br/pdf/Artigo%20-%20Obesidade%20Infantil%20Diagnostico%20fev%202011.pdf

Silva MP, Jorge Z, Domingues A, Nobre EL, Chambel P, Castro JJ. Obesidade e Qualidade de Vida. Acta Med Port. 2006;19(3):247-50.

Portal Brasil. POF 2008-2009: desnutrição cai e peso das crianças brasileiras ultrapassa padrão internacional [acesso 18 Ago 2012]. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1699&id_pagina=1

Rosaneli CF, Auler Fl, Manfrinato CB, Rosaneli CF, Sganzerla C, Bonatto MG, et al. Avaliação da prevalência e de determinantes nutricionais e sociais do excesso de peso em uma população de escolares: análise transversal em 5.037 crianças. Rev Assoc Med Bras. 2012;58(4):472-6.

Costa RF, Cintra IP, Fisberg M. Prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares da cidade de Santos, SP. Arq Bras Endocrinol Metab. 2006;50(1):60-7. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302006000100009

Romagna ES, Silva MCA, Ballardin PAZ. Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes de uma unidade básica de saúde em Canoas, Rio Grande do Sul, e comparação do diagnóstico nutricional entre os gráficos do CDC 2000 e da OMS 2006. Sci Med. 2010;20(3):228-31.

Azambuja APO, Netto-Oliveira ER, Oliveira AAB, Azambuja MA, Rinald W. Prevalência de sobrepeso/obesidade e nível econômico de escolares. Rev Paul Pediatr. 2013;31(2):166-71. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822013000200006

Carvalho MF, Carvalho RF, Cruz FLG, Rodrigues PA, Leite FPP, Chaves MGAM. Correlação entre a merenda escolar, obesidade e cariogenicidade em escolares. Rev Odontol Univ Metodista de São Paulo. 2009;17(34):56-63.

Rivera IR, Silva MAM, Silva RDTA, Oliveira BAV, Carvalho ACC. Atividade física, horas de assistência à tv e composição corporal em crianças e adolescentes. Arq Bras Cardiol. 2010;95(2):159-65. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2010005000065

Vasconcellos MB, Anjos LA, Vasconcellos MTL. Estado nutricional e tempo de tela de escolares da Rede Pública de Ensino Fundamental de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Cad Saúde Pública. 2013;29(4):713-22. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2013000800009

Harris KC, Kuramoto LK, Schulzer M, Retallack JE. Effect of school-based physical activity interventions on body mass index in children: a meta-analysis. CMAJ. 2009;180(7):719-26. PMID: 19332753 DOI: http://dx.doi.org/10.1503/cmaj.080966

Baruki SBS, Rosado LEFPL, Rosado GP, Ribeiro RCL. Associação entre estado nutricional e atividade física em escolares da Rede Municipal de Ensino em Corumbá-MS. Rev Bras Med Esporte. 2006;12(2):90-4. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922006000200007

Silva KS, Lopes AS. Excesso de peso, pressão arterial e atividade física no deslocamento à escola. Arq Bras Cardiol. 2008;91(2):93-101.

Landsberg B, Plachta-Danielzik S, Much D, Johannsen M, Lange D, Müller MJ. Associations between active commuting to school, fat mass and lifestyle factors in adolescents: the Kiel Obesity Prevention Study (KOPS). Eur J Clin Nutr. 2008;62(6):739-47. DOI: http://dx.doi.org/10.1038/sj.ejcn.1602781

Simon VGN, Souza JMP, Souza SB. Aleitamento materno, alimentação complementar, sobrepeso e obesidade em pré-escolares. Rev Saúde Pública. 2009;43(1):60-9. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102009000100008

Scott JA, Ng SY, Cobiac L. The relationship between breastfeeding and weight status in a national sample of Australian children and adolescents. BMC Public Health. 2012;12:107. DOI: http://dx.doi.org/10.1186/1471-2458-12-107

Publicado
2015-12-30
Como Citar
Marques, M. S., Silva, J. R., Lima, C. A. G., & Maia, E. M. G. C. (2015). Prevalência de sobrepeso e obesidade entre crianças de 7 a 10 anos atendidas em uma unidade de Estratégia Saúde da Família - ESF. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 10(37), 1-9. https://doi.org/10.5712/rbmfc10(37)1032
Seção
Artigos de Pesquisa