[1]
A. Ortiz Lobo e J. Bernstein, “Excessos e alternativas da saúde mental na atenção primária”, Rev Bras Med Fam Comunidade, vol. 10, nº 35, p. 1-9, jun. 2015.