Buscando um registro mais integral do cuidado à saúde: desenvolvimento, aplicação e avaliação de um novo instrumento de registro da consulta ambulatorial

Fabiana Braunstein Bassan, Rosângela Caetano

Resumo


O prontuário médico constitui-se em um importante elemento no cuidado à saúde, na medida em que possibilita, por meio do levantamento das informações registradas nos diversos contatos dos indivíduos com as unidades de saúde, uma apreciação e compreensão de seu processo de adoecimento e de cuidado. Tal compreensão será tão mais completa quanto melhor o prontuário tiver registrado os elementos referentes ao seu modo de viver, ao seu processo de saúde-adoecimento, às investigações e condutas terapêuticas tomadas, à evolução clínica, bem como às eventuais dificuldades no atendimento, às orientações recebidas, o modo, enfim, como o cuidado foi ou está sendo prestado pelos diferentes profissionais responsáveis nos diversos setores de uma dada instituição. Para tal, o atendimento . e também o seu registro . deve ter como foco o indivíduo, a pessoa na sua totalidade do viver e adoecer, e não apenas as suas doenças ou o evoluir de suas morbidades. Tendo por foco o eixo acima, o objetivo deste trabalho foi desenvolver, aplicar e avaliar um novo instrumento de registro ambulatorial para o Ambulatório de Medicina Integral (AMI) do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE).


Palavras-chave


Registros médicos; Cuidados integrais de saúde; Sistemas de Informação; Assistência ambulatorial; Assistência Integral à Saúde

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc1(3)13

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade



 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia