Perfil dos pacientes em tratamento para Tuberculose em Unidade de Saúde com equipe de Saúde da Família

  • Cássia Kirsch Lanes Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC)
  • Karin Aline Rauber Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC)
  • Roberto Luiz Targa Ferreira Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC)
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde, Tuberculose, Saúde da Família

Resumo

Introdução: O Brasil é o 14º entre os 20 países com 80% dos casos de tuberculose no mundo, com incidência anual de 46 casos novos por 100.000 habitantes. A Unidade de Saúde Divina Providência (USDP), do SSC/ GHC, é referência para tratamento da tuberculose em uma área com cerca de 6.000 habitantes. São esperados cerca de seis casos novos por ano na população coberta pela USDP, considerando a série histórica e a incidência em Porto Alegre, que hoje é de 100/100.000. Objetivo: Descrever o perfil dos portadores de tuberculose da USDP, com dados sobre incidência, forma de tuberculose, sorologia para o HIV, idade, sexo e adesão ao tratamento. Métodos: Revisão dos registros dos casos nos impressos da USDP e dos prontuários. Resultados: Entre fevereiro de 2007 e fevereiro de 2008, registraram-se 14 novos casos de tuberculose na USDP. As idades situaramse entre 13 e 67 anos, oito homens e seis mulheres. A média de idade dos homens foi 38,6 anos e das mulheres, 35,6. Cinco eram positivos para HIV e uma pessoa negou-se a realizar o exame. As formas foram: dez casos exclusivos de tuberculose pulmonar e quatro casos de tuberculose extrapulmonar. Os 14 casos foram tratados com E1 (RHZ). Dos pacientes tratados, seis tiveram alta por cura (42%), um por abandono (7%) e um óbito (7%), e seis permaneciam em tratamento no final da coleta de dados (46,6%). Conclusão: A alta incidência de tuberculose, mais do que o dobro da esperada, no território da USDP, indica que estas taxas necessitam ser revistas e comparadas às de outras Unidades de Saúde que atuam da mesma forma. A captação de novos casos por meio da busca de sintomáticos respiratórios, bem como a vigilância dos casos em tratamento, está permitindo bons índices de detecção e cura, com boa adesão ao tratamento.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cássia Kirsch Lanes, Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC)
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Atualmente é Residência da Hospital Nossa Senhora da Conceição S/A. Atuando principalmente nos seguintes temas: medicina, saúde, comunidade.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Karin Aline Rauber, Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC)
Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC).

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Roberto Luiz Targa Ferreira, Serviço de Saúde Comunitária - Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC)

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Publicado
2011-04-20
Como Citar
Lanes, C. K., Rauber, K. A., & Ferreira, R. L. T. (2011). Perfil dos pacientes em tratamento para Tuberculose em Unidade de Saúde com equipe de Saúde da Família. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 6(18), 73. https://doi.org/10.5712/rbmfc6(18)147
Seção
Resumos apresentados em Congressos