Saúde Mental na Atenção Básica com Usuários de Psicotrópicos

Autores

  • Regina Boaz
  • Claudia Sedano Fait

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc6(18)155

Resumo

Objetivo: o objetivo desse trabalho é identificar o perfil dos pacientes cadastrados como usuários de psicotrópicos e também descrever o cuidado em saúde mental fornecido a esses usuários na UBS 8, pertencente ao Centro de Saúde-Escola Murialdo. Método: a partir de um cadastro dos usuários de psicotrópicos feito pela UBS para a renovação mensal de psicotrópicos, foram selecionados 60 pacientes maiores de 18 anos e que utilizam psicotrópicos há no mínimo um ano devido a uma patologia incluída nos transtornos mentais do CID-10. Os pacientes tiveram seus prontuários pesquisados e responderam a questionário, mediante aceite de termo de consentimento. Os dados obtidos foram organizados em tabelas de freqüência no programa Epi-Info. Resultados: a amostra é composta de mulheres (70%) e a média de idade é de 44,43 anos. Em relação ao estado civil, 41,7% são solteiros. Apenas 20% moram sozinhos. 55% possuem co-morbidades, as principais sendo HAS (18,3%) e DM (5%). O diagnóstico mais frequente nessa amostra é o de depressão (50%) e o psicotrópico mais utilizado a fluoxetina (33,3%). 11,7% não possuem diagnóstico, embora utilizem psicotrópicos há mais de 1 ano. Apenas 5% das pessoas são acompanhadas em algum outro serviço de saúde mental. 23,3% não consultaram na UBS no último ano. 39 pessoas (65%) agendaram consultas com médico. Em 19 consultas agendadas com médico (31,7% do total) não houve abordagem de aspectos da saúde mental. Conclusões: o paciente da Saúde Mental tem dificuldades de tratamento, adesão e acompanhamento. É necessário aproveitar as consultas desses pacientes na UBS (mesmo quando não motivadas por queixas de saúde mental) para um acompanhamento que de outra forma não ocorrerá.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Claudia Sedano Fait

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992), mestrado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1999), especialização em Saúde Pública pela Escola de Saúde Pública RS/Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (2006). Atualmente é preceptora, tutora e docente da Residência Integrada em Saúde - Atenção Básica, da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, Vigilância da Saúde, Saúde Mental e Atenção Básica.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2011-04-20

Como Citar

1.
Boaz R, Fait CS. Saúde Mental na Atenção Básica com Usuários de Psicotrópicos. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 20º de abril de 2011 [citado 27º de maio de 2022];6(18):78. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/155

Edição

Seção

Resumos apresentados em Congressos