Tempo de Colheita: experiência no programa Mais Médicos na zona rural de Lagoa de Pedras/RN

José Medeiros do Nascimento Filho, Nadja de Sá Pinto Dantas Rocha

Resumo


Objetivo: Descrever as ações desenvolvidas pelo profissional médico durante sua atuação na zona rural de Lagoa de Pedras no período de setembro de 2013 a outubro de 2015. Métodos: Fez-se uso de diários de campo, a análise por categorias da experiência e a Educação Popular em Saúde. Resultados: Foram desenvolvidas as seguintes ações - cursos de atualização dos profissionais de saúde, fortalecimento do Controle Social, grupos terapêuticos em saúde mental e saúde do homem e um trabalho específico em hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus. Conclusão: Por meio da articulação entre a Secretaria Municipal de Saúde, os profissionais da saúde e a população, institui-se uma nova rotina de vivenciar o processo saúde-doença-cuidado para todos que compõem a saúde local.


Palavras-chave


População Rural; Atenção Primária à Saúde; Educação em Saúde; Hipertensão Arterial; Diabetes Mellitus

Texto completo:

PDF/A

Referências


Brasil. Lei nº 12.871 de 22 de Outubro de 2013. Institui o Programa Mais Médicos, altera as Leis 8.745, de 9 de dezembro de 1993, e nº 6.932 de 7 de julho de 1981, e dá outras providências. Diário Oficial da União, 22 de Outubro de 2013.

Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo 2010 [acesso 12 de Fevereiro de 2016]. Disponível em: http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/webservice/frm_urb_rur.php?codigo=240630

Lagoa de Pedras, Secretaria Municipal de Saúde. Relatório do Programa Agentes Comunitários de Saúde 2014. Lagoa de Pedras: Secretaria Municipal de Saúde; 2014.

Freire P. Pedagogia do Oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 1987.

Rosas AG, Melo-Neto JF, orgs. Educação popular – enunciados teóricos. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB; 2008.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo Agropecuário 2006 [acesso 25 de Março de 2016]. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=240630&idtema=3&search=rio-grande-do-norte|lagoa-de-pedras|censo-agropecuario-2006

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cidades@ - Rio Grande do Norte, Lagoa de Pedras [acesso 25 de Março de 2016]. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=2406304

Nascimento Filho JM. Melhoria da Atenção aos Hipertensos e/ou Diabéticos da UBS Lagoa da Palha, Lagoa de Pedras/RN [Monografia - Especialização em Saúde da Família]. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas (UFPEL); 2015.

Stewart M, Weston WW, McWhinney IR, McWilliam CL, Freeman TR, Meredith L, Brown JB. Medicina Centrada na Pessoa: Transformando o Método Clínico. 2ª ed. Porto Alegre: Artmed; 2010.

Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal; 1988.

Starfield B. Atenção Primária à Saúde: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: UNESCO/Ministério da Saúde; 2002.

Brasil. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Cadernos de Atenção Básica, 28. Acolhimento à demanda espontânea. Brasília: Ministério da Saúde; 2011. 56 p.

Gusso G, Poli Neto P. Gestão da clínica. In: Gusso G, Lopes JMC, orgs. Tratado de Medicina de Família e Comunidade: Princípios, Formação e Prática. Porto Alegre: Artmed; 2012. p. 159-66.

Vasconcelos EM, Vasconcelos MOD. Educação popular. In: Gusso G, Lopes JMC, orgs. Tratado de Medicina de Família e Comunidade: Princípios, Formação e Prática. Porto Alegre: Artmed; 2012. p. 91-7.

Organização Mundial de Saúde. Q&As on hypertension [Internet]. 2015 [acesso 25 de Março de 2016]. Disponível em: http://www.who.int/features/qa/82/en/

Organização Mundial de Saúde. Diabetes [Internet]. 2015 [acesso 25 de Março de 2016]. Disponível em: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs312/en/

Brasil. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Cadernos de Atenção Básica, 37. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: hipertensão arterial sistêmica. Brasília: Ministério da Saúde; 2013. 128 p.

Brasil. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Cadernos de Atenção Básica, 36. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus. Brasília: Ministério da Saúde; 2013. 160 p.

Andrade SSA, Stopa SR, Brito AS, Chueri PS, Szwarcwald CL, Malta DC. Prevalência da hipertensão arterial autorreferida na população brasileira: análise da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Epidemiol Serv Saúde. 2015;24(2):297-304. http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742015000200012

Viacava F, Ugá MAD, Porto S, Laguardia J, Moreira RS. Avaliação de Desempenho de Sistemas de Saúde: um modelo de análise. Ciênc Saúde Coletiva. 2012;17(4):921-34. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000400014

Brasil. Lei nº 8142 de 28 de Dezembro de 1990. Dispõe sobre a participação da comunidade no Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial da União; 1990.

Lagoa de Pedras, Secretaria Municipal de Saúde. Relatório da 15ª Conferência Nacional de Saúde – etapa municipal Lagoa de Pedras. Lagoa de Pedras: Secretaria Municipal de Saúde; 2015.

Bertão IR. A atuação de um médico do Programa Mais Médicos para o Brasil e a mudança processo de trabalho da equipe da Estratégia de Saúde da Família. Tempus (Brasília). 2015;9(4):217-24. http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v9i4.1739

Ferreira MJM, Viana Júnior MM. A expansão do agronegócio no semiárido cearense e suas implicações para a saúde, o trabalho e o ambiente. Interface (Botucatu). 2016;20(58):649-60. http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622015.0029

Padilha WWN, org. Relatos e vivências de educação popular. João Pessoa: Editora Ideia – EDUFBP; 2007.

Oliveira FP, Vanni T, Pinto HA, Santos JTR, Figueiredo AM, Araújo SQ, et al. Mais Médicos: um programa brasileiro em uma perspectiva internacional. Interface (Botucatu). 2015;19(54):623-34. http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622014.1142

Santos LMP, Costa AM, Girardi SN. Programa Mais Médicos: uma ação efetiva para reduzir iniquidades em saúde. Ciênc Saúde Coletiva. 2015;20(11):3547-52. http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320152011.07252015




DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc13(40)1595

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia