O Currículo de Competências do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Lucas Bastos Marcondes Machado, Carla Cristina Marques, Livia Rodrigues, Stephan Sperling, Nathalia Cardoso Machado, Gustavo Diniz Ferreira Gusso, José Benedito Ramos Valladão Jr.

Resumo


 

Objetivo: Apresentar os passos adotados para a construção de um currículo de competências dentro do programa de residência em medicina de família da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; descrever características e diretrizes fundamentais do currículo de competências relacionadas aos seus três atributos centrais: ferramentas de aprendizado, metodologias docentes e processos avaliativos; e, por fim, descrever comparações do uso de instrumentos de avaliação pelo nosso programa de residência e outras experiências na literatura. Métodos: Levantamento e análise das principais experiências internacionais em treinamento de médicos de família; realização de uma série de oficinas e workshops; criação de grupos de trabalho com áreas, temas e responsabilidades específicas para estudo, apresentação e definição coletiva. Resultados: Elaboração de um currículo de competências apoiado em um modelo quintidimensional de competências. Conclusão: O estabelecimento de um currículo baseado em competências é vital para organizar o programa de residência. O uso de referenciais internacionais, nacionais e a contribuição das pessoas envolvidas no programa de residência favorecem a organização das competências ao mesmo tempo em que se respeitam as singularidades do programa de residência. Desafios são encontrados para aplicar o currículo na prática do dia-a-dia.


Palavras-chave


Educação Baseada em Competências; Internato e Residência; Medicina de Família e Comunidade

Texto completo:

PDF/A

Referências


Starfield B. Family medicine should shape reform, not vice versa. Fam Pract Manag. 2009;16(4):6-7.

McWhinney IR. William Pickles Lecture 1996. The importance of being different. Br J Gen Pract. 1996;46(408):433-6.

Freeman TR. Manual de Medicina de Família e Comunidade de McWhinney. 4ª ed. Porto Alegre: Artmed; 2018. 536 p.

Royal College of General Practitioners Curriculum 2010 (RCGP). Being a General Practitioner. 2012 [cited 2017 Aug 30]; Available from: http://www.gmc-uk.org/RCGP_Curriculum_1_Being_a_GP.pdf_49504415.pdf

Coordenação Internato Médico Medicina Geral Familiar Zona Norte (CIMGFZN). Portfolio do Interno - Internato Médico de Medicina Geral e Familiar [Internet]. Porto; 2011 [cited 2017 Aug 30]. Available from: http://portal.arsnorte.min-saude.pt/portal/page/portal/ARSNorte/Internatos/Medicina Geral e Familiar/Ficheiros/Manuais de Formação/Portfolio_Jan2011.pdf

Comisión Nacional de la Especialidad de Medicina Familiar y Comunitaria, Ministerio de Sanidad y Consumo, Ministerio de Educación y Ciencia. Programa Formativo de la Especialidad de Medicina Familiar Y Comunitaria [Internet]. Madrid; 2005 [cited 2017 Aug 30]. Available from: http://www.msc.es/profesionales/formacion/docs/medifamiliar.pdf

Parry SB. The Quest for competencies. Training. 1996;33(7):54-6.

Valladão Jr J, Gusso G, Olmos R, editors. Parte 3: Manual de competências. In: Manual do Médico Residente de Medicina de Família e Comunidade da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). 1ª ed. São Paulo: Atheneu; 2017. p. 435-614.

Borges MC, Miranda CH, Santana RC, Bollela VR. Avaliação formativa e feedback como ferramenta de aprendizado na formação de profissionais da saúde. Medicina (Ribeirão Preto). 2014;47(3):324-31. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v47i3p324-331

Flum E, Maagaard R, Godycki-Cwirko M, Scarborough N, Scherpbier N, Ledig T, et al. Assessing family medicine trainees--what can we learn from the European neighbours? GMS Z Med Ausbild. 2015;32(2):Doc21.

Vicentim E, Valladão Jr J. Ferramentas de Avaliação. In: Valladão Jr J, Gusso G, Olmos R, eds. Manual do Médico Residente de Medicina de Família e Comunidade da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). São Paulo: Atheneu; 2017. p. 615-33.

Ross S, Poth CN, Donoff M, Humphries P, Steiner I, Schipper S, et al. Competency-based achievement system: using formative feedback to teach and assess family medicine residents’ skills. Can Fam Physician. 2011;57(9):e323-30.

Consultation Observation Tool (COT) for MRCGP Workplace Based Assessment. [Internet]. [cited 2017 Aug 29]. Available from: http://www.rcgp.org.uk/training-exams/training/mrcgp-workplace-based-assessment-wpba/cot-for-mrcgp-workplace-based-assessment.aspx

WPBA competences [Internet]. [cited 2017 Aug 29]. Available from: http://www.rcgp.org.uk/training-exams/mrcgp-workplace-based-assessment-wpba/wpba-competence-framework.aspx

Verby JE, Holden P, Davis RH. Peer review of consultations in primary care: the use of audiovisual recordings. Br Med J. 1979;1(6179):1686-8. DOI: http://dx.doi.org/10.1136/bmj.1.6179.1686

Lesser AL. Problem-based interviewing in general practice: a model. Med Educ. 1985;19(4):299-304. DOI: http://dx.doi.org/10.1111/j.1365-2923.1985.tb01325.x

Silverman J, Kurtz S, Draper J. Skills for Communicating with Patients. 3rd ed. London: CRC Press; 2016. 317 p.

Ramos V. A consulta em 7 passos - Execução e análise crítica de consultas em medicina geral e familiar [Internet]. Lisboa; 2008 [cited 2017 Aug 29]. Available from: http://www.apmgf.pt/ficheiros/A Consulta 7 passos.pdf

Moral RR, Rodriguez Salvador JJ, de Torres LP, Prados Castillejo JA; COMCORD Research Group. Effectiveness of a clinical interviewing training program for family practice residents: a randomized controlled trial. Fam Med. Fam Med. 2003;35(7):489-95.

Nilsen S, Baerheim A. Feedback on video recorded consultations in medical teaching: why students loathe and love it - a focus-group based qualitative study. BMC Med Educ. 2005;5:28. DOI: http://dx.doi.org/10.1186/1472-6920-5-28

Eeckhout T, Gerits M, Bouquillon D, Schoenmakers B. Video training with peer feedback in real-time consultation: acceptability and feasibility in a general-practice setting. Postgrad Med J. 2016;92(1090):431-5. DOI: http://dx.doi.org/10.1136/postgradmedj-

-133633




DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc13(40)1602

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia