Está na hora do treinamento em saúde rural para médicos de família no Brasil!

Magda Moura Almeida, Mayara Floss, Leonardo Vieira Targa, John Wynn-Jones, Alan Bruce Chater

Resumo


A discrepância entre as necessidades de saúde e o treinamento de recursos humanos para a saúde é muito mais evidente nas áreas rurais. No Brasil, um país de dimensões continentais, essas diferenças se tornam mais desafiadoras. A diversidade das barreiras geográficas e administrativas de acesso torna os indicadores de saúde das populações rurais e remotas piores que os da população urbana. A medicina de família e comunidade pode abordar os determinantes sociais da saúde por meio da prestação de serviços humanos e desempenhar um papel importante no estado de saúde dos residentes rurais de baixa renda. Este ensaio é um apelo urgente para o debate sobre as necessidades das áreas rurais no Brasil e os modelos de projeção para o provimento de força de trabalho de saúde nesses cenários.


Palavras-chave


Saúde da População Rural; Educação Médica; Medicina de Família e Comunidade.

Texto completo:

PDF/A (English)

Referências


WHO. Increasing access to health workers in remote and rural areas through improved retention [Internet]. Vol. 23. Sciences, New York; 2010. Available from: http://www.who.int/entity/hrh/migration/hmr_expert_meeting_dolea.pdf

Targa L, Wynn-Jones J, Howe A, Anderson M, Lopes J, Lermen-Junior N, et al. Declaração de Gramado pela Saúde Rural nos países em desenvolvimento. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade [Internet]. 2014 Jul 30 [cited 2018 Feb 22];9(32):292-94. DOI: http://dx.doi.org/10.5712/rbmfc9(32)982

Strasser R. Rural health around the world: challenges and solutions [Internet]. Fam Pract. 2003 Aug 1;20(4):457-63. DOI: http://dx.doi.org/10.1093/fampra/cmg422

IBGE. Pesquisa Nacional de Saúde 2013 [Internet]. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2014; p. 181. Available from: ftp://ftp.ibge.gov.br/PNS/2013/pns2013.pdf

Tudor Hart J. The Inverse Care Law. Lancet [Internet]. 2018 Feb 24;297(7696):405-12. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(71)92410-X

Reid S, Worley P, Strasser R, Couper I, Rourke, J. ‘What brings us together’: The values and principles of rural medical education. In: Chater AB, Rourke J, Couper ID, Strasser RP, Reid S (eds.). WONCA Rural Medical Education Guidebook. World Organization of Family Doctors (WONCA): WONCA Working Party on Rural Practice, 2014 [accessed 2017 Jun 04]. Available from: www.globalfamilyldoctor.com

Howe A, Ives G. Does community-based experience alter career preference? New evidence from a prospective longitudinal cohort study of undergraduate medical students. Med Educ [Internet]. 2001 Apr 22 [cited 2018 Feb 25];35(4):391-97. DOI: http://dx.doi.org/10.1046/j.1365-2923.2001.00866.x

Wilson NW, Couper ID, De Vries E, Reid S, Fish T, Marais BJ. A critical review of interventions to redress the inequitable distribution of healthcare professionals to rural and remote areas. Rural Remote Health. 2009;9(2):1060.

Girardi SN, Carvalho CL, Pierantoni CR, Costa J de O, Stralen AC de S van, Lauar TV, et al. Avaliação do escopo de prática de médicos participantes do Programa Mais Médicos e fatores associados. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2016;21(9):2739-48. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015219.15912016




DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc13(40)1696

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia