Fotoproteção em Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Belém-PA

Claudia Marques Santa Rosa Malcher, Alan Luz Tembra, Felipe Costa Amorim, Thalles Ricardo Melo de Souza, Monaliza dos Santos Pessoa

Resumo


Objetivo: Avaliar a fotoproteção dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de 5 equipes da Estratégia Saúde da Família. Métodos: A casuística consistiu em 56 ACS, os quais foram submetidos a um questionário autoaplicável com perguntas sobre os hábitos de exposição solar e os conhecimentos acerca do assunto. Resultados: Verificou-se que 48,2% dos ACS se expunham ao sol durante 2 a 6 horas entre segunda e sexta-feira e que 55,4% deles tinham exposição entre 10 e 15 horas. Além disso, 58,9% dos ACS utilizam filtros solares raramente ou nunca e, entre esses, 53,6% os aplicam com frequência inadequada. Contudo, 100% dos pesquisados relataram conhecer as consequências negativas da exposição solar. Conclusão: A fotoproteção dos ACS foi considerada inadequada, já que poucos utilizam filtros solares e os que relataram o uso do produto o faziam de maneira inapropriada. Ademais, o conhecimento sobre os riscos e as consequências da exposição solar foi considerado excelente.


Palavras-chave


Protetores Solares; Agentes Comunitários de Saúde; Prevenção Primária; Atenção Primária à Saúde; Saúde do Trabalhador

Texto completo:

PDF/A

Referências


Barros IC. A importância da estratégia de saúde da família: contexto histórico [Monografia]. Teófilo Otoni: Universidade Federal de Minas Gerais; 2014.

Brasil, Ministério da Saúde. Portaria Nº 2.488, de 21 de outubro de 2011. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Brasília: Ministério da Saúde; 2011. [acesso 2017 Out 5]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt2488_21_10_2011.html

Fraga OS. Agente comunitário de saúde: elo entre a comunidade e a equipe da ESF? [Monografia]. Governador Valadares: Universidade Federal de Minas Gerais; 2011.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde; 2012.

Kumar V, Abbas AK, Aster JC. Robbins & Cotran - Bases Patológicas das Doenças. 9ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2016.

Azulay RD, Azulay DR, Azulay-Abulafia L. Dermatologia. 6ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2013.

Schalka S, Steiner D, Ravelli FN, Steiner T, Terena AC, Marçon CR, et al. Brazilian consensus on photoprotection. An Bras Dermatol. 2014;89(6 Suppl 1):1-74. http://dx.doi.org/10.1590/abd1806-4841.20143971

Araújo FC, Sousa BRM, Leite GG, Freitas LC, Lemos ELC, Pires CAA. Avaliação dermatológica de agentes comunitários de saúde sujeitos à fotoexposição em região tropical do Brasil. Sci Med. 2016;26(4):ID23897. http://dx.doi.org/10.15448/1980-6108.2016.4.23897

Cardoso FAMES, Mesquita GV, Campelo V, Martins MDCCE, Almeida CAPL, Rabelo RS, et al. Prevalence of photoprotection and its associated factors in risk group for skin cancer in Teresina, Piauí. An Bras Dermatol. 2017;92(2):206-10. http://dx.doi.org/10.1590/abd1806-4841.20174831

Lima AG, Silva AMM, Soares CEC, Souza RAX, Souza MCMR. Fotoexposição solar e fotoproteção de agentes de saúde em município de Minas Gerais. Rev Eletr Enferm [Internet]. 2010;12(3):478-82. [acesso 2018 Maio 26]. http://dx.doi.org/10.5216/ree.v12i3.6156

Costa CMC, Silva VR, Costa LM, Silva BG, Moreira RS. Promovendo a saúde do trabalhador: enfoque no agente comunitário de saúde. In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade; 2013 Maio 29 Jun 2; Belém, PA, Brasil. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade; 2013.

Souza MCMR, Horta TG, Melo ES, Rocha FDB. Câncer de pele: hábitos de exposição solar e alterações cutâneas entre agentes de saúde em um município de Minas Gerais. Rev Enferm Cent O Min. 2016;1(6):1945-56. http://dx.doi.org/10.19175/recom.v0i0.920




DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc14(41)1798

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia