O uso da conferência familiar na resolução de conflitos de uma família com idosa dependente

Julieta Cunha Martins Lima, Gerídice Lorna Andrade de Moraes, Rômulo Fernandes Augusto Filho

Resumo


A conferência familiar constitui-se em uma estratégia importante na abordagem a famílias com pessoas idosas dependentes. Uma equipe de saúde da família do Centro de Saúde da Família Francisco Domingos da Silva, Fortaleza, Ceará, realizou conferência familiar de uma família com uma idosa dependente de cuidados. Encontramos falta de envolvimento e resistência dos filhos no cuidado da idosa e sobrecarga do cuidador, que desejava internar a mãe em um asilo. Com o objetivo de esclarecer sobre direitos e deveres dos familiares de idosos dependentes e buscar soluções para uma melhor distribuição de tarefas na atenção à saúde da paciente, foi realizada a conferência familiar. Os próprios familiares relataram a importância do encontro e o papel dos profissionais na adoção de medidas que melhoraram a situação de convivência e a dinâmica familiar.


Palavras-chave


Serviços de Saúde para Idosos; Medicina de Família e Comunidade; Direitos dos Idosos; Acolhimento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc4(14)195

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade



 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia