Aplicação de rede social no manejo da hipertensão

Angela Beatriz Papaleo Wagner, Hamilton Lima Wagner, Yves R. Talbot, Anousca E. do Carmo

Resumo


Os autores revisam a literatura sobre redes sociais e aplicando a metodologia de terapia de grupos trabalham com uma coorte de hipertensos, sem grupo controle, na tentativa de melhorar o controle da patologia. Os resultados obtidos neste trabalho inicial parecem promissores, indicando a necessidade de um novo estudo multicentrico para permitir uma melhor avaliação do impacto desta técnica terapêutica no controle de doenças crônicas como a hipertensão arterial sistêmica.


Palavras-chave


Rede social; Hipertensão

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5712/rbmfc1(1)3

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade



 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia