Curso ‘Uso de evidências na gestão municipal da saúde’: uma experiência pioneira

  • Jorge Otavio Maia Barreto Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS).
  • Nathan Mendes Souza Programa de Metodologia da Pesquisa em Saúde do Departamento de Epidemiologia Clínica e Bioestatística, Universidade de McMaster.
  • Carmem Veronica Mendes Abdala Gerente de Serviços Cooperativos de Informação e Evidências do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPS/OMS)
  • Ulysses Panisset Departamento de Políticas de Pesquisa e Cooperação, Núcleo de Informação, Evidências e Pesquisa, Organização Mundial da Saúde - OMS. Organização Mundial de Saúde, Evidence Informed Policy Network (EVIPNet).
  • Gilvânia de Melo Ministério da Saúde (DECIT/SCTIE/MS).
  • Rosemeire Rocha Pinto Supervisora do Serviço de Atenção ao Usuário e Capacitação do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPS/OMS)
Palavras-chave: Administração em Saúde Pública, Uso da Informação Científica na Tomada de Decisões em Saúde, Sistemas Locais de Saúde, Sistema Único de Saúde, SUS

Resumo

É apresentada a experiência do curso Uso de evidências na gestão municipal da saúde, realizado durante o XXVI Congresso do CONASEMS com o objetivo de promover a incorporação da evidência científica como subsídio do processo de tomada de decisão de gestores e profissionais de saúde. O curso foi concebido, planejado e realizado no âmbito das parcerias institucionais da EVIPNet Brasil e seus resultados apontam aspectos relevantes para discussão acerca das estratégias e ferramentas para disseminação e utilização de evidências de pesquisa em saúde na gestão do Sistema Único de Saúde no Brasil.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jorge Otavio Maia Barreto, Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS).
Bacharelado em Direito pela Universidade Federal do Ceará (1995), pós-graduado em Direito Processual pela Universidade Estadual do Piauí (2005), especialista em gestão da saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (2009) e mestre em Políticas Públicas pela UFPI (2010). Atuou como coordenador do Curso de Bacharelado em Direito da Universidade Estadual do Piauí, Campus de Piripiri e atualmente exerce o magistério superior na Christus Faculdade do Piauí - CHRISFAPI, Piripiri, onde também coordena o Curso de Bacharelado em Direito. Por seis anos foi analista judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará; foi Controlador Geral do Município de Piripiri, Piauí, onde atualmente é gestor local de saúde. É segundo vice-presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Piauí - COSEMS PI e Secretário Extraordinário de Ciência e Tecnologia do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde - CONASEMS desde 2007; membro titular da Comissão Intersetorial de Ciência e Tecnologia - CICT do Conselho Nacional de Saúde e dos grupos de trabalho de Ciência e Tecnologia da Comissão Intergestora Tripartite - CIT e de Avaliação de Tecnologias em Saúde do DECIT/SCTIE/MS. Integra o Grupo de Trabalho de Disseminação da Informação do Comitê Executivo da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde - REBRATS, o comitê consultivo da Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde, o comitê consultivo e o grupo executivo da EVIPNet Brasil.
Nathan Mendes Souza, Programa de Metodologia da Pesquisa em Saúde do Departamento de Epidemiologia Clínica e Bioestatística, Universidade de McMaster.

Mestrado em Educacion Medica pelaEscuela Nacional de Salud Publica de Cuba e Doutorando do Programa de Metodologia da Pesquisa em Saúde do Departamento de Epidemiologia Clínica e Bioestatística, Universidade de McMaster.

 

Carmem Veronica Mendes Abdala, Gerente de Serviços Cooperativos de Informação e Evidências do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPS/OMS)

Mestrado em Ciencia da Informacao e Documentacao pela Universidade de São Paulo, trabalha no Centro latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde.

Ulysses Panisset, Departamento de Políticas de Pesquisa e Cooperação, Núcleo de Informação, Evidências e Pesquisa, Organização Mundial da Saúde - OMS. Organização Mundial de Saúde, Evidence Informed Policy Network (EVIPNet).

Ulysses Panisset, Md, with Ph.D. in International Relations of the Johns Hopkins University’s School of Advanced International Studies, with 20 years experience in international cooperation to promote health research in developing countries. At WHO HQ he holds the post of Scientist. He coordinated the organization of the 2004 Ministerial Summit on Health Research and is currently the coordinator of the Evidence- informed decision making programme of RPC. He is a member of the EVIPNet Global Steering group. Integrated into all levels of his research and policy analysis are his ten years of professional practice as a primary health care physician among impoverished communities in his native country Brazil.

Gilvânia de Melo, Ministério da Saúde (DECIT/SCTIE/MS).

Farmacêutica/bioquímica formada na Universidade Estadual da Paraíba. Especialista em Saúde Coletiva (Universidade de Brasília - UnB) e em Planejamento e Gestão Empresarial (Universidade Católica de Brasília - UCB). Mestre em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação (Universidade Católica de Brasília - UCB), trabalhou na Agência Nacional de Vigilância Sanitária, onde participou do desenvolvimento dos seguintes sistemas: ANVISATENDE; Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Bulas - E-Bulas e Bulário Eletrônico da ANVISA. Trabalhou no Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde - DECIT/MS como coordenadora da área de gestão do conhecimento e atualmente trabalho no Departamento de Assistência Farmacêutica do MS.

Rosemeire Rocha Pinto, Supervisora do Serviço de Atenção ao Usuário e Capacitação do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPS/OMS)

Possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade de São Paulo (1992) , especialização em Informação Em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (2003) , especialização em Educação Em Saúde Docência no Ensino Superior pela Universidade Federal de São Paulo (2002) e mestrado-profissionalizante em Ensino em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (2005) . Atualmente é Bibliotecária/Analista de informação do Centro Latino Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde. Tem experiência na área de Ciência da Informação , com ênfase em Biblioteconomia. Atuando principalmente nos seguintes temas: Bibliotecas médicas, Biblioteconomia/educação, Informática médica, bibliotecários/educação, ciência da informação e recursos humanos em saúde.

Referências

Lavis JN. How can we support the use of systematic reviews in policymaking? PLoS Med. 2009; 6(11): e1000141. http://dx.doi.org/10.1371/journal.pmed.1000141

Hamid M, Bustamante-Manaog T, Dung TV, Akkhavong K, Fu H, Ma Y, et al. EVIPNet: translating the spirit of Mexico. Lancet 2005;366:1758 60. http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(05)67709-4

EVIPNet Americas Secretariat. EVIPNet Americas: informing policies with evidence. Lancet 2008; 372: 1130-1. http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(08)61459-2

Gray M. Evidence-based health care and public health: how to make decisions about health services and public health. 3rd ed. Edinburgh: Churchill Livingstone; 2009.

Publicado
2012-04-14
Como Citar
Barreto, J. O. M., Souza, N. M., Abdala, C. V. M., Panisset, U., de Melo, G., & Pinto, R. R. (2012). Curso ‘Uso de evidências na gestão municipal da saúde’: uma experiência pioneira. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 7(23), 122-126. https://doi.org/10.5712/rbmfc7(23)424
Seção
Relatos de Experiência