Práticas Contemplativas nas Escolas Públicas

Autores

  • Vivi Tuppy Espaço Interação

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc7(1)513

Palavras-chave:

Práticas Contemplativas, Centramento, Atenção, Saúde Mental

Resumo

A prática Atencional do Centramento, faz parte do Programa Educadores da Paz que acontece há 9 anos na Diretoria Estadual de Ensino de Araçatuba/SP, atendendo 18.500 alunos.Considerando a neuroplasticidade, o Centramento como prática regular, tende a promover estados e comportamentos construtivos, minimizando as respostas agressivas geradas pelas emoções destrutivas que comprometem a  aprendizagem e as relações de convivência. A capacidade de auto-regulação e administração da excitação fisiológica diante dos eventos estressores, requer um treinamento sistemático onde o praticante sustenta a sua atenção focada, de forma voluntária e intencional. Dentro das Práticas Contemplativas, o Centramento como prática atencional, pode ser considerado uma ação pedagógica de baixo custo e portanto exequível à realidade educacional  das escolas da rede pública. Frente ao panorama apresentado pela violência, o Centramento praticado pelos alunos e gestores da educação, tem contribuído qualitativamente para a saúde mental, emocional e relacional, favorecendo inclusive as relações familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2012-06-22

Como Citar

1.
Tuppy V. Práticas Contemplativas nas Escolas Públicas. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 22º de junho de 2012 [citado 28º de maio de 2022];7(1):13. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/513

Edição

Seção

Contribuição das Práticas Contemplativas para a Sociedade. Mediadora Profa. Dra. Elisa Kozasa

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.