Tratamento experimental do tumor sólido de Ehrlich com medicamento homeopático em coxim plantar

  • Haydée Maria Moreira Faculdade de Medicina de Marília.
  • Míria de Amorim Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • Marília Perissoto Scholl Faculdade de Medicina de Marília.
  • Lays de Cássia Florêncio Costa Faculdade de Medicina de Marília.
  • Sara Regina da Silva Duarte Faculdade de Medicina de Marília.
  • Ana Carolina Tayette Villa Tucunduva Universidade de Marília.
  • Vanessa Aparecida Arruda Universidade de Marília.
Palavras-chave: Neoplasias, Medicamento Homeopático, Terapêutica

Resumo

Introdução: Estudou-se a possibilidade do uso de Ultra-Diluições/Medicamento Homeopático(MH) em neoplasia experimental. Objetivo: Avaliar a eficácia do MH no tratamento de tumor sólido de Ehrlich. Método: Foram utilizados 20 camundongos machos Swiss,com 8 semanas,pesando em torno 35g,com um padrão de 4mm de espessura(E) e largura(L) no membro posterior esquerdo.Os animais foram inoculados com 0,02mL(1,75x105 células) no subcutâneo do coxim plantar, e foram distribuídos em dois grupos A ( controle) e B (tratado) com n=10.O grupo B recebeu como tratamento MH,na forma de complexo FAO (Fatores de Auto Organização):Antimoniumcrudum,Kalicarbonicum,Mercuriussolubis,Sulphur,Natrummuriaticum,Aurummetallicum,Ammoniummuriaticum,nasultra-diluições 10DH/11DHe12DH.Para a avaliação da curva de crescimento tumoral foram feitas mensurações com o uso de paquímetroa cada 7 dias, após a inoculação do tumor,além de serem pesados e inspecionados semanalmente.Foram também observados quanto ao tempo de sobrevida, desde a inoculação do tumor até a eutanásia em câmara de CO2 (9 semanas).Resultados:O controle apresentou crescimento contínuo e acentuado ao longo do experimento,na quinta semana 5 animais apresentaram valores de E e L maiores que o dobro do padrão inicial, ocorrendo esse mesmo crescimento com o grupo tratado apenas na nona semana, ao final do experimento todos do controle apresentavam mais que o triplo do padrão inicial, além de lesão e necrose.Nos tratados 5 animais não ultrapassaram o dobro do padrão inicial, destes, em 3 observou-se regressão das medidas ao padrão inicial no término do experimento  e os 5 restantes  do tratado apresentaram crescimento acentuado.Ocorreu o óbito de dois animais no controle e nenhum no tratado..A diferença entre o controle e tratados,obteve significado estatístico com p<0,05. Conclusão: A terapêutica com ocomplexo FAO na DH foi efetiva,regredindo em  30% as medidas da massa tumoral,além de controlar o crescimento do tumor impedindo sua expansão.Este trabalho com resultados tão impactantes abre a possibilidade para novos estudos  relacionados à utilização de ultra-diluições em neoplasias.

Metrics

Carregando Métricas ...
Publicado
2012-06-22
Como Citar
Moreira, H. M., Amorim, M. de, Scholl, M. P., Costa, L. de C. F., Duarte, S. R. da S., Tucunduva, A. C. T. V., & Arruda, V. A. (2012). Tratamento experimental do tumor sólido de Ehrlich com medicamento homeopático em coxim plantar. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 7(1), 75. https://doi.org/10.5712/rbmfc7(1)627