Utilização do Biofeedback como ferramenta motivacional em um exercício de consciência respiratória – relato de caso

  • Roberta Foster Leônidas de Paiva Departamento Ginecologia, UNIFESP.
  • Marcia Aparecida Martins Departamento Ginecologia, UNIFESP.
  • Tiago Leoni Capel Departamento Ginecologia, UNIFESP.
  • Juliana de Melo Batista Santos Departamento Otorrinolaringologia, UNIFESP.
  • Luiz Antonio Luna Junior Departamento Otorrinolaringologia, UNIFESP.
  • Mauro Valter Vaisberg Departamento Otorrinolaringologia, UNIFESP.
Palavras-chave: Biorretroalimentação Psicológica, Exercícios Respiratórios, Motivação

Resumo

Introdução: o biofeedback é descrito como um instrumento que favorece a conscientização e a regulação dos processos fisiológicos do indivíduo; podendo ser utilizado em treinamentos de relaxamento bem como de gestão do estresse. Objetivo: verificar uma possível regulação do processo respiratório através da utilização do biofeedback como ferramenta motivacional. Método: paciente AC; sexo feminino; 73 anos; passou em consulta no Ambulatório de Promoção de Saúde da Medicina do Esporte – UNIFESP. Relatou queixa de dores no corpo; pressão alta; sedentarismo; tendo diagnóstico de fibromialgia e artrose nos ombros. Recebeu orientação dos profissionais de gerenciamento de estresse para a aplicação de técnicas complementares de saúde – exercício de consciência respiratória - além da utilização do biofeedback para monitorar os sinais fisiológicos. Retornou mais 2 vezes ao ambulatório. O aparelho de biofeedback utilizado é da empresa HealthMatch – EMWAVE. O módulo gráfico escolhido foi para iniciantes, utilizando sensor no dedo indicador da mão esquerda.     O protocolo utilizado foi: A) dois minutos como linha de base; sem falar; respirando normalmente; olhos abertos. B) orientação de postura e de consciência respiratória; C) cinco minutos de treinamento; sem falar; respirando normalmente, porém com consciência; olhos abertos.Foi proposto treinamento diário por pelo menos cinco minutos, seguindo as orientações. Resultados: a análise dos sinais emitidos pelo biofeedback mostrou uma melhora no controle do processo respiratório; com aumento da média, por minuto, dos valores associados à modulação simpática-parassimpática nas três consultas realizadas (32%, 39% e 56% respectivamente), quando comparados aos valores associados à atividade simpática; demonstrando comportamento de consciência durante a prática da respiração através da modulação dos batimentos cardíacos. Conclusão: observou-se uma melhora no controle do processo respiratório na paciente estudada após a utilização do biofeedback e da prática do exercício de consciência respiratória; o que sugere eficácia do método como ferramenta terapêutica motivacional.

Metrics

Carregando Métricas ...
Publicado
2012-06-22
Como Citar
Paiva, R. F. L. de, Martins, M. A., Capel, T. L., Santos, J. de M. B., Luna Junior, L. A., & Vaisberg, M. V. (2012). Utilização do Biofeedback como ferramenta motivacional em um exercício de consciência respiratória – relato de caso. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 7(1), 80. https://doi.org/10.5712/rbmfc7(1)645