Coisa de homem

Autores

  • Regina Gonçalves Moura Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Rio de Janeiro, RJ

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc10(37)942

Palavras-chave:

Sexualidade, Saúde do Homem, Masculinidade

Resumo

Estar sempre pronto para fazer sexo, não expressar emoções e acreditar em todos os outros imperativos de gênero mantêm o “macho da espécie humana” cada vez mais distante da saúde. Acreditar-se e sempre demonstrar que é forte, impulsiona-o a supor que ter saúde é o mesmo que ter virilidade. Contraditoriamente, perda ou diminuição da capacidade de ereção é a grande oportunidade que ele encontra para encontrar-se com seus sentimentos, afetos e sensações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Regina Gonçalves Moura, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Rio de Janeiro, RJ

Médica, Docente do Departamento de Medicina Integral, Familiar e Comunitária da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Preceptora do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade do Hospital Universitário pedro Ernesto.

Downloads

Publicado

2015-12-30

Como Citar

1.
Moura RG. Coisa de homem. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 30º de dezembro de 2015 [citado 18º de junho de 2024];10(37):1-5. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/942

Edição

Seção

ESPAÇO ABERTO

Plaudit