Estratégias que viabilizam o acesso aos serviços de Atenção Primária à Saúde no Reino Unido

Armando Henrique Norman

Resumo


Este artigo apresenta algumas características organizativas e operacionais da Atenção Primária à Saúde (APS) inglesa. Seu objetivo é evidenciar pontos relevantes no funcionamento das clínicas da APS que facilitam o equilíbrio dinâmico entre o atendimento à demanda espontânea e as ações programáticas em saúde. Ele tem como base um estudo etnográfico, realizado no Reino Unido no período de 2013/14, no qual se analisou o modelo de pagamento por desempenho no país. Os tópicos abordados incluem: (a) composição das equipes da APS inglesa; (b) organograma funcional de uma clínica de APS; (c) consulta de 10 minutos dos médicos de família e horário de funcionamento da clínica; (d) recepção; (e) equipe de enfermagem; e (f) sistema de tecnologia da informação. Cada um desses itens possui referências para as quais é possível explorar websites e tutoriais de modo a compreender melhor alguns aspectos das clínicas da APS inglesa. O Reino Unido profissionalizou o acesso dos pacientes aos serviços da APS. Isto ocorreu por meio de um contingente maior de pessoal administrativo, menor proporção população/médico de família, maior autonomia da equipe de enfermagem e um robusto sistema de tecnologia da informação. No Brasil, a Estratégia Saúde da Família (ESF) necessita percorrer caminho semelhante a fim de aprimorar a qualidade da APS no país.


Palavras-chave


Medicina de Família e Comunidade; Atenção Primária à Saúde; Estratégia Saúde da Família; Acesso Universal aos Serviços de Saúde; Acesso dos Pacientes aos Registros

Texto completo:

PDF/A

Referências


Tesser CD, Norman AH. Repensando o acesso ao cuidado na Estratégia Saúde da Família. Saúde Soc. 2014;23(3):869-83. https://doi.org/10.1590/S0104-12902014000300011

Norman AH, Tesser CD. Acesso ao cuidado na Estratégia Saúde da Família: equilíbrio entre demanda espontânea e prevenção/promoção da saúde. Saúde Soc. 2015;24(1):165-79. https://doi.org/10.1590/S0104-12902015000100013

Norman AH, Russell AJ, Merli C. The Quality and Outcomes Framework: Body commodification in UK general practice. Soc Sci Med. 2016;170:77-86. https://doi.org/10.1016/j.socscimed.2016.10.009

McCarthy M. Health system report ranks UK first, US last. BMJ. 2014;348:g4080. https://doi.org/10.1136/bmj.g4080

The NHS: A Difficult Beginning. [YouTube]. [acesso 2018 Dez 16]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=-ywP8wjfOx4&t=177s

Gray DJ. General practitioners and the independent contractor status. J R Coll Gen Pract. 1977;27(185):746-52.

Starfield B, Shi L, Macinko J. Contribution of primary care to health systems and health. Milbank Q. 2005;83(3):457-502. https://doi.org/10.1111/j.1468-0009.2005.00409.x

Light DW. Universal health care: lessons from the British experience. Am J Public Health. 2003;93(1):25-30. https://doi.org/10.2105/AJPH.93.1.25

The Birth of the National Health Service: Your Very Good Health - 1948 - CharlieDeanArchives [YouTube]. [acesso 2018 Dez 25]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=VFhEB3gG8HA

Choose Your Doctor - Trailer (1948). [YouTube]. [acesso 2018 Dez 16]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=y_FXAsDVStY

Maynard A, Dixon M. Should the NHS abolish the purchaser-provider split? BMJ. 2016;354:i3825. https://doi.org/10.1136/bmj.i3825

Filippon J, Giovanella L, Konder M, Pollock AM. “Liberalizing” the English National Health Service: background and risks to healthcare entitlement. Cad Saúde Pública. 2016;32(8):e00034716. https://doi.org/10.1590/0102-311X00034716

Jones R. Dismantling general practice. Br J Gen Pract. 2007;57(544):860-1. https://doi.org/10.3399/096016407782317874

Linthorpe Surgery. [acesso 2018 Dez 23]. Disponível em: https://www.linthorpesurgery.com/earnings.aspx

Morais HMM, Albuquerque MSV, Oliveira RS, Cazuzu AKI, Silva NAF. Organizações Sociais da Saúde: uma expressão fenomênica da privatização da saúde no Brasil. Cad Saúde Pública. 2018; 34(1): e00194916. https://doi.org/10.1590/0102-311x00194916

Gorsky M. The British National Health Service 1948-2008: A Review of the Historiography. Soc Hist Med. 2008;21(3):437-60. https://doi.org/10.1093/shm/hkn064

An alternative guide to the new NHS in England. [YouTube]. [acesso 2018 Dez 16]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=te4kNFmPkhQ

Norman AH, Tesser CD. Obstetrizes e enfermeiras obstetras no Sistema Único de Saúde e na Atenção Primária à Saúde: por uma incorporação sistêmica e progressiva. Rev Bras Med Fam Comunidade. 2015;10(34):1-7. https://doi.org/10.5712/rbmfc10(34)1106

Macmillan Cancer Support. [acesso 2018 Dez 24]. Disponível em: https://www.macmillan.org.uk/

Rethink Mental Illness: the mental health charity. [acesso 2018 Dez 24]. Disponível em: https://www.rethink.org/about-us

DESMOND: What is the DESMOND Programme? [acesso 2018 Dez 24]. Disponível em: https://www.desmond-project.org.uk/about/

Meade JG, Brown JS. Improving access for patients - a practice manager questionnaire. BMC Fam Pract. 2006;7:37. https://doi.org/10.1186/1471-2296-7-37

Norman AH, Russell AJ, Macnaughton J. The payment for performance model and its infuence on british general practitioners’ principles and practice. Cad Saúde Pública. 2014;30(1):55-67. https://doi.org/10.1590/0102-311X00149912

Marsh House: Medical Practice Billingham. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: http://www.marshhousemedicalpractice.co.uk/index.php

Salisbury C. Multimorbidity: redesigning health care for people who use it. Lancet. 2012;380(9836):7-9. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(12)60482-6

Patient Access Support Portal: Book appointment. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: https://support.patientaccess.com/videos/book-appointment

Patient Access Support Portal: Request repeat medication. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: https://support.patientaccess.com/videos/request-repeat-medication

Patient Access Support Portal: Share your medical record. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: https://support.patientaccess.com/videos/share-your-medical-record




DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc14(41)1945

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Armando Henrique Norman

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia