Análise descritiva das sequelas de acidentes de trânsito em Maceió, Alagoas

  • Maria Luisa Duarte
  • Érica Carla Figueiredo de Souza
  • Paula Graziela Figueredo Bonfim
Palavras-chave: Acidentes de trânsito, Ferimentos e lesões, Violência

Resumo

Os acidentes de trânsito determinam perdas precoces de vidas e sequelas com alto custo para a sociedade. Nenhum país se encontra salvo dessa tragédia e desse acúmulo de sofrimento, castigando de maneira muito particular aos jovens e trazendo conseqüências sociais e econômicas sumamente importantes. Essa pesquisa teve como objetivo fazer uma análise descritiva das sequelas físicas e funcionais decorrentes de acidentes de trânsito de vítimas atendidas pelo Instituto Médico Legal Estácio de Lima, Maceió/AL no ano de 2006. Consiste em um estudo epidemiológico transversal e retrospectivo. Foram analisados 377 laudos de lesões corporais, correspondentes ao período de janeiro a dezembro de 2006. Dos laudos analisados, 48,8% das vítimas apresentaram sequelas. As vítimas investigadas caracterizaram-se por serem, em sua maioria, jovens e adultos jovens (56,8%), do sexo masculino (76,9%). O maior número de acidentes foi os automobilísticos (77,7%). A maioria dos acidentes causou lesões graves (35%), sendo que destas, 53% tiveram algum tipo de sequela. As lesões leves representaram 34,7% do total e as gravíssimas, 30,3%. As sequelas foram agrupadas em quatro grupos: debilidade permanente (49%), deformidade permanente (37%) enfermidade incurável (6%) e perda ou inutilização de membro, sentido ou função (8%). Do ponto de vista da Saúde Coletiva, tal estudo contribuiu com mais dados epidemiológicos que possam servir de base para a avaliação da situação dos acidentes de trânsito e o planejamento das ações e dos serviços no sentido de buscar uma mudança das normas de segurança no trânsito, assim como alertar a população da importância da prevenção.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Luisa Duarte
Doutora em Patologia, graduada em Medicina pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), professora adjunta da Disciplina de Medicina Legal e Ética Médica da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), Maceió, AL, Brasil.
Érica Carla Figueiredo de Souza
Acadêmicas do 6º ano da graduação em Medicina da UNCISAL, Maceió, AL, Brasil.
Paula Graziela Figueredo Bonfim
Acadêmicas do 6º ano da graduação em Medicina da UNCISAL, Maceió, AL, Brasil.
Publicado
2010-03-25
Como Citar
Duarte, M. L., Souza, Érica C. F. de, & Bonfim, P. G. F. (2010). Análise descritiva das sequelas de acidentes de trânsito em Maceió, Alagoas. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 5(17), 38-41. https://doi.org/10.5712/rbmfc5(17)201
Seção
Artigos de Pesquisa