Desafios da atenção primária no contexto da COVID-19

a experiência de Diadema, SP

Autores

  • Ferla Maria Simas Bastos Cirino Coordenadora da Atenção Primária á Saúde / Prefeitura Municipal de Diadema, Secretaria de Saúde https://orcid.org/0000-0003-4114-0168
  • Jussara Balbino Aragão Prefeitura Municipal de Diadema/Coordenação da Atenção Primária https://orcid.org/0000-0002-8698-5714
  • Guilherme Meyer Prefeitura Municipal de Diadema/Secretaria Municipal de Saúde https://orcid.org/0000-0003-0195-7923
  • Daniela Silva Campos Prefeitura Municipal de Diadema/Coordenação da Atenção Primária
  • Anna Luiza De Fátima Pinho Lins Gryschek Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. https://orcid.org/0000-0001-5012-5977
  • Lucia Yasuko Izumi Nichiata Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva https://orcid.org/0000-0001-6515-4404

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc16(43)2665

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde, Infecções por Coronavirus, Pandemia

Resumo

Problema: A emergência da pandemia de Covid-19 desafiou a Atenção Primária à Saúde a modificar seus processos de trabalho para mitigar sua ocorrência, sem abandonar as ações programáticas que já vinham desenvolvendo. Método: Trata-se de um relato de experiência sobre a reorganização da Atenção Primária à Saúde (APS) para enfrentamento da pandemia da Covid-19, por meio da descrição das ações e estratégias adotadas pelo município de Diadema (SP). Resultados: Apresenta: rotinas e linhas de cuidados prioritárias; visitas domiciliares e ações no território; atendimento à demanda espontânea; fluxo de atendimento para usuários com Síndrome Gripal; imunização e campanha de vacinação da gripe; vigilância dos casos; Saúde Bucal; ações do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica e os procedimentos de enfermagem. Sintetiza o eixo operacional, as ações para o enfrentamento do Covid-19 e os desafios enfrentados. Desde o início da pandemia até janeiro de 2021, a APS foi o maior notificador municipal, responsável por 58% das notificações de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. Conclusão: A pandemia reforça a necessidade de defesa do protagonismo da APS para a alocação de recursos financeiros, otimizando gastos e organizando fluxos para reduzir gastos desnecessários com internações hospitalares, tanto pela Covid-19, quanto pelas demais causas sensíveis à APS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ferla Maria Simas Bastos Cirino, Coordenadora da Atenção Primária á Saúde / Prefeitura Municipal de Diadema, Secretaria de Saúde

Graduação em Enfermagem na Universidade Paulista (2009) e graduação em Medicina Veterinária na Universidade Federal da Bahia (1999). Doutoranda em Saúde Coletiva pela Escola de Enfermagem da USP (atual), Mestre em Ciências pela Escola de Enfermagem da USP (2011). Coordenadora da Atenção Primária da Secretaria de Saúde de Diadema (SP) desde 2020. Fez parte da equipe da Coordenação da APS de Diadema como Apoiadora Institucional e equipe técnica (2019-2020). Dois anos de experiência em gestão de Unidade Básica de Saúde (2017-2019) e oito anos como Enfermeira da Estratégia Saúde da Família (2009-2017). Implantação do Acesso Avançado em onze UBS do município de Diadema; participa do GT de Acesso Avançado do município de Diadema; membro do Grupo de Pesquisa sobre Acesso Avançado da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo; membro de Grupo de Pesquisa em Covid-19 da EEUSP; membro do Comitê de Contigência da Covid-19  do município de Diadema(SP).

Jussara Balbino Aragão, Prefeitura Municipal de Diadema/Coordenação da Atenção Primária

Possui graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário de Santo André (2006), Especialização em Saúde da Família pela UNA-SUS da Pró Reitoria de Extensão da Universidade Federal de São Paulo (2012), Mestranda da Escola de Enfermagem da USP (atual). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem e Gestão da Atenção Básica. Atualmente é Apoio Técnico Institucional na Coordenação de Atenção Básica do Município de Diadema (SP).

Guilherme Meyer, Prefeitura Municipal de Diadema/Secretaria Municipal de Saúde

Graduação em Engenharia de Produção na Escola de Engenharia de São Carlos-USP (2012), MBA em Gestão de Negócios (2017) e Gestão de Projetos (2019) na ESALQ-USP. Discente do Programa Latino-Americano em Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública, promovido pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina em parceria com a FGV-SP. Coordenador de Projetos na Secretaria Municipal de Saúde de Diadema desde 2017, atua nas temáticas de planejamento e gestão do SUS e informações em saúde.

Daniela Silva Campos , Prefeitura Municipal de Diadema/Coordenação da Atenção Primária

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Bandeirante de São Paulo (2002), Especialização em Saúde Pública pela Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (2007) e Especialização em Saúde Pública com Ênfase na Gestão da Atenção Básica em Saúde pelo Núcleo de Administração em Saúde da Universidade Federal de São Paulo (2009), Mestranda pela Escola de Enfermagem da USP. Possui experiência na área de Enfermagem na Urgência e Emergência, Atenção Básica e Gestão. Desde 2005 é Enfermeira na Atenção Básica do município de Diadema (SP) e atualmente é gerente da Unidade Básica de Saúde em Diadema(SP).

Anna Luiza De Fátima Pinho Lins Gryschek , Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo.

Possui Graduação em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (1981) , Licenciatura Plena Em Enfermagem pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (1982) , Habilitação em Enfermagem de Saúde Pública pela Faculdade de Higiene e Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1982) , Especialização em Educação Continuada para Enfermeiros em Aids pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas (1989) , Especialização em Administração Hospitalar pelo Centro São Camilo de Desenvolvimento Em Administração Hospitalar (1983) , aperfeiçoamento para Enfermeiros em Controle de Infecção Hospitalar pelo Instituto do Coração de São Paulo, Mestrado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (1994) , Doutorado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (2001) . Atualmente é Professor Associado do Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Revisor de periódicos nacionais e internacionais. Membro afiliado do The Brazilian Centre for Evidence Based Health Care, um centro colaborativo do Joanna Briggs Institute, atuando principalmente nos seguintes temas: qualificação de enfermagem em aids, educação em enfermagem, assistência de enfermagem em doenças transmissíveis e imunização.

Lucia Yasuko Izumi Nichiata, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva

Graduação e Licenciatura em enfermagem na Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (1987), doutorado (2001) e Livre-Docente (2010), ambos pela Escola de Enfermagem da USP. Vice-Líder do diretório de pesquisa do CNPq "Vulnerabilidade, adesão e necessidades em saúde". Pesquisadora Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (2011-2013; 2014-2017). Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGE) e Programa de Pós-Graduação Profissional Enfermagem na Atenção Primária no SUS (MPAPS) da Escola de Enfermagem da USP. Chefe do Departamento de Enfermagem da EEUSP (2016-2018; 2018-2020). Coordenadora Adjunta de Avaliação Capes dos Programas de Pós-Graduação Profissionais (2018-2021).  

Referências

World Health Organization. Coronavirus disease (COVID-19) Situation Report – 153 [Internet]. 2020a. [2020 Jun 22]. Available from: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200621-covid-19-sitrep-153.pdf?sfvrsn=c896464d_2

Livingston E; Bucher K. Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) in Italy. JAMA. 2020;323(14):1335. DOI: https://doi.org/10.1001/jama.2020.4344

Novel Coronavirus Pneumonia Emergency Response Epidemiology Team. Vital surveillances: the epidemiological characteristics of an outbreak of 2019 novel coronavirus diseases (COVID-19)—China, 2020. China CDC Weekly. 2020 [2020 jun 20]. http://weekly. chinacdc.cn/en/article/id/e53946e2-c6c4-41e9- 9a9b-fea8db1a8f51 DOI: https://doi.org/10.46234/ccdcw2020.032

Anderson RM, Heesterbeek H, Klinkenberg D, Hollingsworth TD. How will country-based mitigation measures influence the course of the COVID-19 epidemic? The Lancet Journal. 2020;395(10228):931-934. DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30567-5

Heymann DL, Shindo N. COVID-19: o que vem a seguir para a saúde pública? The Lancet Journal. 2020;395(10224):542-545. DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30374-3

World Health Organization. Coronavirus, overview, prevention, symptoms. [Internet]. 2020b. [2020 Jun 18]. Disponível em: https://www.who.int/health-topics/coronavirus#tab=tab_3

World Health Organization. Regional Office for the Western Pacific. Role of primary care in the COVID-19 response [Internet]. 2020c. [2020 Jun 18]. Available from: https://apps.who.int/iris/handle/10665/331921.

Garg S, Basu S, Rustagi R, Borle A. Primary healthcare facility preparedness for outpatient service provision during the COVID-19 pandemic in India. JMIR Public Health Surveill [Internet]. 2020 [2020 Mai 26]; doi: 10.2196/19927. Available from: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32452819/?from_term=primary+care+COVID-19&from_filter=ds1.y_1&from_page=2&from_sort=date&from_pos=3 PMID: 32452819

Mash B. Primary care management of the coronavirus (COVID-19). South African Family Practice, 2020; 62(1): 4 pages. DOI: https://doi.org/10.4102/safp.v62i1.5115

Duckett S. What should primary care look like after the COVID-19 pandemic?. Australian Journal of Primary Health [Internet]. 2020 [2020 Mai 27]. Available from: https://www.publish.csiro.au/py/pdf/PY20095 DOI: https://doi.org/10.1071/PY20095

Daumas RP, Silva GA, Tasca R, Leite IC, Brasil P, Greco DB et al. O papel da atenção primária no enfrentamento da COVID-19. Cad. Saúde Pública 2020; 36(X):e00104120. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00104120

Starfield B. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/ iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google &base=LILACS&lang=p&nextAction=lnk&ex prSearch=622019&indexSearch=ID (acessado em 24/Abr/2020).

Cirino FMSB, Aragão JB, Figueiredo RM, Estequi JG, Pereira EG, Domingos CMH, et al. Organização das ações em emergências pandêmicas na Atenção Primária à Saúde: o caso da COVID 19. In: Alvarez AM, Lopes AC, Kalinowski CE, Caldas CP, Nascimento ERP, Tallo FS, et al, organizadores. Especial Covid-19: Ciclo 1. Porto Alegre: Artmed Panamericana; 2020. (Sistema de Educação Continuada a Distância, v. 3).

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS). Protocolo de manejo clínico do Coronavírus (Covid-19) na atenção primária à saúde: versão 9. Brasília. 2020 [2020 jun 22]. Disponível em: https://www.unasus.gov.br/especial/covid19/pdf/37

São Paulo. Secretaria de Estado da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Plano de Contingência do Estado de São Paulo para Infecção Humana pelo novo Coronavírus - 2019-nCoV. 2020. [2020 Jun 18]. Disponível em: https://www.spsp.org.br/PDF/PlanoContingenciaEstadoSaoPaulo_Infecc%CC%A7caoHumanaNovoCoronavirus%202019nCoV.pdf

Santa Catarina. Secretaria de Estado da Saúde Plano de Contigência para resposta às Emergências em Saúde Pública – Doença pelo Sars-Cov-2 Covid-19. 2020. [2020 Jun 18]. Disponível em: https://www.saude.sc.gov.br/coronavirus/arquivos/Plano_contingencia_para_respostas_as_emergencias_em_saude_publica.pdf

Secretaria Municipal de Saúde de Diadema. Perfil epidemiológico do município de Diadema, São Paulo: Prefeitura de Diadema (SP); 2019.

Cirino FMSB, Schneider Filho DA, Nichiata LYI, Fracolli LA. O Acesso Avançado como estratégia de organização da agenda e de ampliação do acesso em uma Unidade Básica de Saúde de Estratégia Saúde da Família, município de Diadema, São Paulo. Rev Bras Med Fam Comunidade. 2020;15(42):2111. https://doi.org/10.5712/rbmfc15(2)2111

Campos GWS. Um método para análise e cogestão de coletivos. São Paulo: Hucitec; 2000.

Farias LABG, Colares MP, Barretoti FKA, Cavalcanti LPG. O papel da atenção primária no combate ao Covid-19: impacto na saúde pública e perspectivas futuras. Rev Bras Med Fam Comunidade. 2020;15(42):2455. DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc15(42)2455

São Paulo (Estado). Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE). Boletim Coronavírus. Disponível em: https://www.seade.gov.br/coronavirus/. Acessado em 31/01/2021.

Cirino FMSB, Aragão JB, Figueiredo RM, Estequi JG, Pereira EG, Domingos CMH, et al. Organização das ações em emergências pandêmicas na Atenção Primária à Saúde: o caso da COVID 19. In: Alvarez AM, Lopes AC, Kalinowski CE, Caldas CP, Nascimento ERP, Tallo FS, et al, organizadores. Especial Covid-19: Ciclo 1. Porto Alegre: Artmed Panamericana; 2020. (Sistema de Educação Continuada a Distância, v. 3).

Rocha SA, Bocchi SCM, Godoy MF. Acesso aos cuidados primários de saúde: revisão integrativa. Physis. 2016 Mar;26(1):87-111. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-73312016000100007

Bousquat A, Giovanella L, Medina MG, Mendonça MHM, Facchini LA, Tasca R. Nedel F, Lima JG, Mota PHS, Aquino R. Desafios da Atenção Básica no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no SUS. Relatório de Pesquisa. USP, Fiocruz, UFBA, UFPEL, OPAS Brasil. Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde da Abrasco. Rio de Janeiro: Rede de Pesquisa em APS Abrasco. [2020 Set 18]. Disponível em: https://redeaps.org.br/wp-content/uploads/2020/08/Relato%CC%81rioDesafiosABCovid19SUS.pdf

Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). COVID-19 faz vítimas entre profissionais da saúde no Brasil. [Internet]. 2020 [acesso em 28 abr 2020]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/COVID-19-faz-vitimas-entre-profissionais-da-saude-no-brasil_78979.html

Cabral ERM, Bonfada D, Melo MC, Cesar ID, Oliveira REM, Bastos TF et al. Contributions and challenges of the Primary Health Care across the pandemic COVID-19. InterAmerican Journal of Medicine and Health. 2020;3. DOI: https://doi.org/10.31005/iajmh.v3i0.87

Vitoria AM, Campos GWS. Só com APS forte o sistema pode ser capaz de achatar a curva de crescimento da pandemia e garantir suficiência de leitos UTI. 2020 [2020 jun 20]. Disponível em http://www.cosemssp.org.br/wp-content/uploads/2020/04/So-APS-forte-para-ter-leitos-UTI-.pdf. Acessado em 08/05/2020

Santos, W. S., Sousa Júnior, J. H., Soares, J. C., Raasch, M. (2020, set./dez.). Reflexões acerca do uso da telemedicina no Brasil: Oportunidade ou ameaça. Rev. gest. sist. saúde, São Paulo, 9(3), 433-453. DOI: https://doi.org/10.5585/rgss.v9i3.17514

Thomas R, Jordan WT, Scott FD, Nguyen TH, Florence DG, Jane RA. The Lancet Journal. 2020 [2020 jun 20]. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(14)60189-6

Leite IC, Daumas RP, Silva GA, Tasca R, Brasil P, Greco DB, Grabois V, Campos GWS. O papel da atenção primária na rede de atenção à saúde no Brasil: limites e possibilidades no enfrentamento da COVID-19. Cad. Saúde Pública [online]. 2020;36(6): e00104120. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00104120

Gates B. Responding to Covid-19 - A Once-in-a-Century Pandemic? N Engl J Med, 2020. DOI: https://doi.org/10.1056/NEJMp2003762

Sarti TD, Lazarini WS, Fontenelle LF, Almeida APSC. Qual o papel da Atenção Primária à Saúde diante da pandemia provocada pela COVID-19?. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2020; 29(2): e2020166. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742020000200024

Mendes Á, Carnut L, Guerra LDS. Reflexões acerca do financiamento federal da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde. Saúde debate [Internet]. 2018;42(spe1): 224-243. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042018s115

Giovanella L, Franco CM, Almeida PF. Política Nacional de Atenção Básica: para onde vamos? Ciênc. Saúde Coletiva [Internet]. 2020; 25(4):1475-1482. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020254.01842020

Souza CDF, Gois-Santos VT, Correia DS, Martins-Filho PR, & Santos VS. The need to strengthen Primary Health Care in Brazil in the context of the COVID-19 pandemic. Braz. oral res. [online]. 2020; 34(e047). ISSN 1807-3107. PMID: 32401828 DOI: https://doi.org/10.1590/1807-3107bor-2020.vol34.0047

Downloads

Publicado

2021-07-14

Como Citar

1.
Cirino FMSB, Aragão JB, Meyer G, Campos DS, Gryschek ALDFPL, Nichiata LYI. Desafios da atenção primária no contexto da COVID-19: a experiência de Diadema, SP. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 14º de julho de 2021 [citado 27º de julho de 2021];16(43):2665. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/2665

Edição

Seção

Relatos de Experiência