Gigantomastia gestacional: relato de caso e revisão bibliográfica

  • Mário Rogério da Silva Santos Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/FIOCRUZ)
  • Alessandra Santos dos Reis Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/FIOCRUZ)
  • José Aroldo Lima Gonçalves-Filho Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Complicações na Gravidez, Mamoplastia, Doenças Mamárias, Bromocriptina

Resumo

A gigantomastia é uma condição clínica rara, pouco descrita na literatura. Apesar da etiologia desconhecida, tem sido associada às respostas aos hormônios gestacionais, com maior incidência em mulheres multíparas e caucasianas. Apresenta altas taxas de recorrência em gestações futuras. O quadro frequentemente está associado à dor incapacitante, a alterações posturais, a úlceras e à necrose cutânea, favorecendo o aparecimento de infecções. Os autores relatam um caso clínico ocorrido em quinta gestação, expondo a conduta da Equipe de Saúde da Família durante o acompanhamento pré-natal e a inibição da lactação com bromocriptina imediatamente após o parto e o preparo para mamoplastia redutora em segundo tempo.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Mário Rogério da Silva Santos, Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/FIOCRUZ)

Médico de Família. Mestrando em Saúde de Família.

Alessandra Santos dos Reis, Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/FIOCRUZ)
Médica de Família. Especialista em Saúde Pública.
José Aroldo Lima Gonçalves-Filho, Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

Nutricionista. Mestre em Fisiopatologia Clínica e Experimental. Especialista em Nutrição Clínica. Pós-Graduado em Medicina ortomolecular.

Referências

Vidaeff AC, Ross PJ, Livingston CK, Parks DH. Gigantomastia complicating mirror syndrome in pregnancy. Obstet Gynecol. 2003; 101(5 Pt 2): 1139-42.

Swelstad MR, Swelstad BB, Rao VK, Gutowski KA. Management of gestational gigantomastia. Plast Reconstr Surg. 2006; 118: 840-8. http://dx.doi.org/10.1097/01.prs.0000232364.40958.47

Antevski BM, Smilevski DA, Stojovski MZ, Filipovski VA, Banev SG. Extreme gigantomastia in pregnancy: case report and review of literature. Arch Gynecol Obstet. 2007; 275(2): 149-53. http://dx.doi.org/10.1007/s00404-006-0190-7

Zienert A. Macromastia in pregnancy: normal or a complication? Zentralbl Gynakol. 1990; 112(20): 1303-7.

Beischer NA, Hueston JH, Pepperell RJ. Massive hypertrophy of the breasts in pregnancy: report of 3 cases and review of the literature, “never think you have seen everything”. Obstet Gynecol Surv. 1989; 44(4): 234-43. http://dx.doi.org/10.1097/00006254-198904000-00002

Van der Meulen AJ. An unusual case of massive hypertrophy of the breasts. S Afr Med J. 1974; 48(34): 1465-6.

Lewison EF, Jones GS, Trimble FH, da Lima LC. Gigantomastia complicating pregnancy. Surg Gynecol Obstet. 1960; 110: 215-23.

Lafreniere R, Temple W, Ketcham A. Gestational macromastia. Am J Surg. 1984; 148(3): 413-8. http://dx.doi.org/10.1016/0002-9610(84)90484-7

Touraine P, Youssef N, Alyanakian MA, Lechat X, Balleyguier C, Dufl os C, et al. Breast infl ammatory gigantomastia in a context of immune-mediated diseases. J Clin Endocrinol Metab. 2005; 90(9): 5287-94. http://dx.doi.org/10.1210/jc.2005-0642

Reyna Hinojosa R, Martínez Medellín J, Ceballos Quiroz R, Torres Huerta FR. Hipertrofi a masiva de la glándula mamaria. Presentación de seis casos. Ginecol Obstet Mex. 1997; 65: 277-81.

Vandenberghe G, Claerhout F, Amant F. Lymphoblastic lymphoma presenting as bilateral gigantomastia in pregnancy. Int J Gynaecol Obstet. 2005; 91(3): 252-3. http://dx.doi.org/10.1016/j.ijgo.2005.07.017

Misirlioglu A, Akoz T. Familial severe gigantomastia and reduction with the free nipple graft vertical mammoplasty technique: report of two cases. Aesthetic Plast Surg. 2005; 29(3): 205-9. http://dx.doi.org/10.1007/s00266-004-0134-1

Jido TA, Mohamed AZ, Alhasan SU. Gigantomastia complicating pregnancy: a case report. Niger J Med. 2006; 15(2): 167-9.

Ngarwal N, Kriplani A, Gupta A, Bhatla N. Management of gigantomastia complicating pregnancy. A case report. J Reprod Med. 2002; 47: 871-4.

Publicado
2011-09-18
Como Citar
Santos, M. R. da S., Reis, A. S. dos, & Gonçalves-Filho, J. A. L. (2011). Gigantomastia gestacional: relato de caso e revisão bibliográfica. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 6(20), 199-202. https://doi.org/10.5712/rbmfc6(20)306
Seção
Casos Clínicos