Características epidemiológicas dos pacientes com Doença de Chagas

Fabíola Adriane Souza Oliveira, Geraldo Vítor Cardoso Bicalho, Lucídio Duarte de Souza Filho, Marcelo José da Silva, Zenilton Charles Gomes Filho

Resumo


A Doença de Chagas (DC) é uma infecção causada pelo Trypanosoma cruzi, transmitida por um inseto hematófago, adquirida por transfusão sanguínea ou congenitamente, com evolução dividida em fase aguda e crônica. Objetivo: Analisar as seguintes variáveis dos pacientes portadores da Doença de Chagas (DC): idade, sexo, escolaridade, prevalência, comorbidades associadas e ocupação. Metodologia: A região do estudo é constituída por vários bairros em posição periférica na cidade de Montes Claros, MG. O universo de estudo é constituído por 7.150 pessoas cadastradas no Programa de Saúde da Família (PSF) Tancredo Neves. Os dados sobre prevalência da DC foram obtidos por análise das fichas A, presentes no sistema de informação virtual. Participaram desse estudo, os indivíduos com o diagnóstico confirmado de DC através de soro-positividade, em pelo menos dois métodos diagnósticos diferentes. Resultados: a prevalência de DC encontrada foi de 1% (86 pacientes), 60,5% dos casos pertencem ao sexo feminino. A idade média entre os homens foi de 47,5 anos e entre as mulheres, 48,6 anos. As principais ocupações foram: aposentados, 9,3%; serviços gerais, 51,1%; dona de casa, 17,4%; desempregados, 18,5%; estudantes, 1,1% e autônomos, 1,1%. A análise da escolaridade mostrou que 27,9% eram analfabetos, 68,6% não possuíam o primeiro grau completo; 2,3% possuíam o segundo grau completo. A comorbidade mais encontrada foi a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS). Conclusão: O perfil epidemiológico na área estudada é de um indivíduo adulto, com idade entre 40-50 anos, do sexo feminino, com baixa escolaridade, exercendo ativid des ocupacionais de serviços gerais e com a HAS como principal comorbidade.


Palavras-chave


Doença de Chagas; Saúde da Família; Epidemiologia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc2(6)34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade



 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia