Custo-efetividade: comparação entre o modelo tradicional e o Programa de Saúde da Família.

Autores

  • Janice Dornelles de Castro UNICAMP, Professor at the Faculty of Economics, Federal University of Rio Grande do Sul. Brazil.
  • Vanessa da Rocha UNISINOS, Brazil
  • Silvia Pinto Datasus, Ministry of Health, Brasília, Distrito Federal, Brazil

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc3(10)351

Palavras-chave:

Custos de Cuidados de Saúde, Economia da Saúde, Cuidados

Resumo

Este é um estudo de custo-efetividade da provisão da Atenção Básica por meio de duas alternativas de modelos de Atenção Básica . o modelo .tradicional. e o Programa de Saúde da Família. Em um primeiro momento, é feita a discussão teórica sobre avaliação econômica, explicitando toda a sua complexidade e, em um segundo, é realizado um estudo de caso no município de Porto Alegre. Os dados demonstram que o Programa de Saúde da Família foi mais custo-efetivo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Janice Dornelles de Castro, UNICAMP, Professor at the Faculty of Economics, Federal University of Rio Grande do Sul. Brazil.

Economist, Master Planning and Health Financing. London School of Economics, PhD in Public Health - UNICAMP, Professor at the Faculty of Economics, Federal University of Rio Grande do Sul

Vanessa da Rocha, UNISINOS, Brazil

Administrator hospital UNISINOS, Brazil

Silvia Pinto, Datasus, Ministry of Health, Brasília, Distrito Federal, Brazil

Master in Business Administration (UFRGS), systems analyst, Datasus, Ministry of Health, Brasília, Distrito Federal, Brazil

Downloads

Publicado

2007-11-17

Como Citar

1.
Castro JD de, Rocha V da, Pinto S. Custo-efetividade: comparação entre o modelo tradicional e o Programa de Saúde da Família. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 17º de novembro de 2007 [citado 29º de maio de 2022];3(10):91-8. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/351

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa