Aprendizagem baseada em projeto e a formação médica

relato de experiência introduzindo questões para o debate interprofissional

Autores

  • Thais Morgana Mendes Santos Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Medicina, Campus JK – Diamantina (MG), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7287-0537
  • Clarisse Melo Franco Neves Costa Prefeitura Municipal de Diamantina NASF – Diamantina (MG), Brasil. https://orcid.org/0000-0001-5618-5313
  • Lauriany Livia Costa Prefeitura Municipal de Diamantina NASF – Diamantina (MG), Brasil. https://orcid.org/0000-0003-0333-085X
  • Darlene da Silva Prefeitura Municipal de Diamantina NASF – Diamantina (MG), Brasil.
  • Delba Fonseca Santos Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Medicina, Campus JK – Diamantina (MG), Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2404-5791

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc19(46)3772

Palavras-chave:

Educação médica, Educação interprofissional, Profissional de saúde

Resumo

A aprendizagem baseada em projeto orientada pelos fundamentos da educação interprofissional é um modelo que pode contribuir para a formação de relacionamentos interpessoais, criatividade, empatia e colaboração na educação médica, por meio de uma colaboração mútua com profissionais de saúde da rede. Muito se fala da efetividade desse método no campo do ensino e aprendizagem médica, mas há a necessidade de incluir a importância do desenvolvimento de habilidades interprofissionais, com equipes colaborativas, em ações extensionistas, diante das necessidades locais no contexto da atenção primária, pensando na melhoria dos resultados de saúde. O objetivo deste trabalho é apresentar um relato de experiência de aprendizagem baseada em projeto de estudantes de Medicina no contexto da Estratégia Saúde da Família. Participaram deste trabalho estudantes do Módulo Integração Ensino, Serviço e Comunidade da Faculdade de Medicina da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri que executaram, em colaboração com uma equipe interprofissional o projeto sobre a saúde do homem. Como resultado da análise qualitativa do feedback entre os integrantes, observaram-se mudanças no comportamento dos estudantes, com melhorias na comunicação, empatia e nas relações interpessoais, por meio do trabalho colaborativo com a equipe interprofissional. Esta experiência poderá ser adaptada para implementar o ensino e aprendizagem no projeto pedagógico orientado pela educação interprofissional na atenção primária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Thais Morgana Mendes Santos, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Medicina, Campus JK – Diamantina (MG), Brasil.

Graduanda do curso de Medicina pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) do campus JK/Diamantina, desde março de 2019. Foi bolsista de iniciação científica pela FAPEMIG (2021/2022). Foi voluntária no Programa SALVAGUARDA (2021/2022). Foi integrante do projeto de extensão Boletim Informativo da Faculdade de Medicina da UFVJM (2020/2021).

Clarisse Melo Franco Neves Costa, Prefeitura Municipal de Diamantina NASF – Diamantina (MG), Brasil.

Mestre em Medicamentos e Assistência Farmacêutica (UFMG). Graduada em Farmácia pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM. Tem experiência na área de Farmácia e Drogaria e Farmácia Clínica Hospitalar. Colaborou como pesquisadora na Pesquisa Nacional sobre Acesso, Utilização e Promoção do Uso Racional de Medicamentos no Brasil (PNAUM). Atualmente trabalha como Farmacêutica da Equipe NASF do município de Diamantina-MG.

Lauriany Livia Costa, Prefeitura Municipal de Diamantina NASF – Diamantina (MG), Brasil.

Mestre em ciências da Nutrição pela universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (2021). Bacharel em Nutrição pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri -UFVJM (2015). Pós-Graduada( Lato Sensu) em Saúde Publica pela Universidade Norte do Paraná -UNOPAR. Pós- Graduada (Lato Sensu) em Nutrição Em Nefrologia pela Faculdade Unyleya. Pesquisadora na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri -UFVJM

Darlene da Silva, Prefeitura Municipal de Diamantina NASF – Diamantina (MG), Brasil.

Fisioterapeuta com Especialização em Saúde do Idoso (UFVJM). Graduada em Fisioterapia pela UFVJM. Experiência nos diferentes níveis de atenção à saúde. Atualmente exerce a profissão como Fisioterapeuta da Equipe NASF do município de Diamantina- MG.

Delba Fonseca Santos, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Medicina, Campus JK – Diamantina (MG), Brasil.

Possui graduação em Farmácia-bioquímica pela Universidade Federal de Alfenas (1990) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Especialização em Produção e Uso de Tecnologia para Educação. Atualmente é docente associado III da Faculdade de Medicina, Diamantina/MG - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Tem experiência na área de Saúde Coletiva e Farmacoepidemiologia. Pós-doutorado pelo Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas/RG.Tem experiência nas áreas de Saúde Coletiva, Epidemiologia com ênfase em Farmacoepidemiologia.

Referências

Frenk J, Chen L, Bhutta ZA, Cohen J, Crisp N, Evans T, et al. Health professionals for a new century: transforming education to strengthen health systems in an interdependent world. Lancet 2010;376(9756):1923-58. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(10)61854-5 DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(10)61854-5

Rahardjanto A, Husamah, Fauzi A. Hybrid-PjBL: learning outcomes, creative thinking skills, and learning motivation of preservice teacher. Int J Instr 2019;12(2):179-92. https://doi.org/10.29333/iji.2019.12212a DOI: https://doi.org/10.29333/iji.2019.12212a

Torsani MB. Competencies for the 21st century professional: a look at the present and towards the future of Education. Rev Med 2021;100(1):i–ii.

Anugerahwati M. Integrating the 6Cs of the 21st century education into the english lesson and the school literacy movement in secondary schools. KnE Soc Sci 2019;3(10):165. https://doi.org/10.18502/kss.v3i10.3898 DOI: https://doi.org/10.18502/kss.v3i10.3898

Miller BS. The 6 C’s Squared Version of Education in the 21st Century [Internet]. Accretive Media. 2015 [acessado em 12 maio 2022]. Disponível em: https://www.bamradionetwork.com/the-6-c-s-squared-version-of-education-in-the-21st-century/

Viro E, Lehtoncn D, Joutscnlahti J, Tahvanainen V. Teachers’ perspectives on project-based learning in mathematics and science. Eur J Sci Math Educ 2020;8(1):12-31. https://doi.org/10.30935/scimath/9544 DOI: https://doi.org/10.30935/scimath/9544

O’Connor K. Constructivism, curriculum and the knowledge question: tensions and challenges for higher education. Stud High Educ 2022;47(2):412-22. https://doi.org/10.1080/03075079.2020.1750585 DOI: https://doi.org/10.1080/03075079.2020.1750585

Alt D. The construction and validation of a new scale for measuring features of constructivist learning environments in higher education. Front Learn Res 2014;2(3):1-28. https://doi.org/10.14786/flr.v2i2.68 DOI: https://doi.org/10.14786/flr.v2i2.68

Windschitl M. Framing constructivism in practice as the negotiation of dilemmas: An analysis of the conceptual, pedagogical, cultural, and political challenges facing teachers. Rev Educ Res 2002;72(2):131-75. https://doi.org/10.3102/00346543072002131 DOI: https://doi.org/10.3102/00346543072002131

Meireles MA de C, Fernandes C do CP, Silva LS. Novas diretrizes curriculares nacionais e a formação médica: expectativas dos discentes do primeiro ano do curso de medicina de uma instituição de ensino superior. Rev Bras Educ Med 2019;43(2):67-78. https://doi.org/10.1590/1981-52712015v43n2RB20180178 DOI: https://doi.org/10.1590/1981-52712015v43n2rb20180178

Machado C, Oliveira JM de, Malvezzi E. Repercussões das diretrizes curriculares nacionais de 2014 nos projetos pedagógicos das novas escolas médicas. Interface (Botucatu) 2021;25:e200358. https://doi.org/10.1590/interface.200358 DOI: https://doi.org/10.1590/interface.200358

Bender WN. Aprendizagem baseada em projetos: educação diferenciada para o século XXI. Porto Alegre: Penso; 2014.

Nguyen TT. Developing important life skills through project-based learning: a case study. Norm Light 2017;11(2):109-42. https://doi.org/10.56278/tnl.v11i2.529 DOI: https://doi.org/10.56278/tnl.v11i2.529

Dias M, Brantley-Dias L. Setting the standard for project based learning: a proven approach to rigorous classroom instruction. Interdiscip J Probl Learn 2017;11(2). https://doi.org/10.7771/1541-5015.1721 DOI: https://doi.org/10.7771/1541-5015.1721

Hutchison M. The Empathy project: using a project-based learning assignment to increase first-year college students’ comfort with interdisciplinarity. Interdiscip J Probl Learn 2016;10(1):9. https://doi.org/10.7771/1541-5015.1580 DOI: https://doi.org/10.7771/1541-5015.1580

Gadotti M. A educação contra a educação: o esquecimento da educação e a educação permanente. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 1992.

World Health Organization (WHO). Framework for action on interprofessional education & collaborative practice [Internet]. Geneva: WHO; 2010 [acessado em 12 maio 2022]. Disponível em: https://www.who.int/publications/i/item/framework-for-action-on-interprofessional-education-collaborative-practice

World Health Organization (WHO). Interprofessional collaborative practice in primary health care: Nursing and midwifery perspectives: six case studies [Internet]. Geneva: WHO; 2013 [acessado em 12 maio 2022]. Disponível em: https://apps.who.int/iris/handle/10665/120098

Schmitz C, Atzeni G, Berchtold P. Challenges in interprofessionalism in Swiss health care: the practice of successful interprofessional collaboration as experienced by professionals. Swiss Med Wkly 2017;147(4344):w14525. https://doi.org/10.4414/smw.2017.14525 DOI: https://doi.org/10.4414/smw.2017.14525

Hense H, Harst L, Küster D, Walther F, Schmitt J. Implementing longitudinal integrated curricula: systematic review of barriers and facilitators. Med Educ 2021;55(5):558-73. https://doi.org/10.1111/medu.14401 DOI: https://doi.org/10.1111/medu.14401

UFVJM CAMPUS JK. Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Medicina. UFVJM: Diamantina; 2017. p. 135.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2017.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.979, de 12 de dezembro de 2019. Institui o Programa Previne Brasil. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2019.

Aresko. NH, Bhattachasya A, Ezzat E, Lim AE. Learning together to work together for health. Report of a WHO Study Group on Multiprofessional Education of Health Personnel: The Team Approach. World Heal Organ - Tech Rep Ser 1988;(769):1-72.

Organização Mundial de Saúde (OMS). Marco para ação em educação interprofissional e prática colaborativa. Genebra: OMS; 2010.

Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução no 510, de 7 de abril de 2016 - Imprensa Nacional [Internet]. Brasília, DF: Conselho Nacional de Saúde; 2016 [acessado em 13 maio 2022]. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/22917581

Crie Word Clouds ao vivo. Mentimeter. Estocolmo; 2022 [acessado em 13 maio 2022]. Disponível em: https://www.mentimeter.com/pt-BR/features/word-cloud.

Stalmeijer RE, Varpio L. The wolf you feed: challenging intraprofessional workplace‐based education norms. Med Educ 2021;55(8):894-902. https://doi.org/10.1111/medu.14520 DOI: https://doi.org/10.1111/medu.14520

Torsani MB. Competencies for the 21st century professional: a look at the present and towards the future of Education. Rev Med (São Paulo) 2021;100(1):i-ii. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v100i1pi-ii DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v100i1pi-ii

Reis SS, Coelho FG, Coelho LP. Success factors in students’ motivation with project based learning: from theory to reality. Int J Online Biomed Eng 2020;16(12):4-17. https://doi.org/10.3991/ijoe.v16i12.16001 DOI: https://doi.org/10.3991/ijoe.v16i12.16001

Thomazi L, Moreira FG, Marco MA De. Avaliação da evolução da empatia em alunos do quarto ano da graduação em medicina da Unifesp em 2012. Rev Bras Educ Med 2014;38(1):87-93. https://doi.org/10.1590/S0100-55022014000100012 DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-55022014000100012

Brasil. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina. Brasília, DF: Ministério da Educação; 2014.

Fórum de Pró-Reitores das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras. Política Nacional de Extensão Universitária. Manaus, AM: FORPROEX; 2012.

Rocha Pires HH, Leite Dias JV, Gomes Murta NM. Reflexões sobre ações contínuas de extensão e pesquisa em uma comunidade tradicional. Rev ELO - Diálogos Ext 2015;4(1):48-51. https://doi.org/10.21284/elo.v4i1.89 DOI: https://doi.org/10.21284/elo.v4i1.89

Ogata MN, Silva JAM da, Peduzzi M, Costa MV, Fortuna CM, Feliciano AB. Interfaces entre a educação permanente e a educação interprofissional em saúde. Rev Esc Enferm USP 2021;55:e03733. https://doi.org/10.1590/S1980-220X2020018903733 DOI: https://doi.org/10.1590/s1980-220x2020018903733

Stanley K, Stanley D. The HEIPS framework: scaffolding interprofessional education starts with health professional educators. Nurse Educ Pract 2019;34:63-71. https://doi.org/10.1016/j.nepr.2018.11.004 DOI: https://doi.org/10.1016/j.nepr.2018.11.004

Oliveira MPR de, Menezes IHCF, Sousa LM de, Peixoto M do RG. Formação e qualificação de profissionais de saúde: fatores associados à qualidade da atenção primária. Rev Bras Educ Med 2016;40(4):547-59. https://doi.org/10.1590/1981-52712015v40n4e02492014 DOI: https://doi.org/10.1590/1981-52712015v40n4e02492014

Edler FC, Fonseca RF. Saber erudito e saber popular na medicina colonial. Cad ABEM 2006;2:8-9.

World Organization Health (WHO). Global strategy on human resources for health: Workforce 2030. Geneva: WHO; 2016.

Publicado

2024-04-18

Como Citar

1.
Santos TMM, Costa CMFN, Costa LL, Silva D da, Santos DF. Aprendizagem baseada em projeto e a formação médica: relato de experiência introduzindo questões para o debate interprofissional. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 18º de abril de 2024 [citado 18º de julho de 2024];19(46):3772. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/3772

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Plaudit