Características dos cuidadores de idosos dependentes no contexto da Saúde da Família

  • Tatiana Lemos de Almeida
Palavras-chave: Cuidadores, Idosos, Saúde da Família

Resumo

A prevenção das doenças crônicas e degenerativas juntamente com a assistência à saúde do idoso e o suporte aos cuidadores familiares representam novos desafios para o nosso sistema de saúde. Cuidar de quem cuida é também uma responsabilidade dos profissionais de saúde. O presente estudo teve como objetivos caracterizar os cuidadores informais de idosos dependentes dos Núcleos de Saúde da Família (NSF) do CSEFMRP-USP e identificar algumas das dificuldades e necessidades enfrentadas por esses cuidadores, na realização das atividades de cuidado, e a sobrecarga que as mesmas exercem no corpo e na saúde deste indivíduo. O estudo foi realizado com 52 cuidadores das famílias cadastradas nos NSF, que responderam a um questionário com perguntas abertas e fechadas intitulado “Características dos cuidadores de idosos no contexto da Saúde da Família”. As entrevistas foram realizadas no domicílio do cuidador, durante os meses de setembro e outubro de 2004. Os cuidadores eram predominantemente do sexo feminino, variando entre a faixa etária de 50 a 70 anos. A maioria era casada, isto é, dividia as responsabilidades da casa e da família com as atividades de cuidados. Quanto ao grau de parentesco com o idoso, a maior porcentagem ficou com as filhas, seguidas pelos cônjuges. Quanto à presença de atendimento domiciliar, a maioria relatou estar recebendo assistência das equipes dos NSF. Para a maioria dos cuidadores, as atividades de cuidar de alguém doente, mais especificamente o idoso, foram aprendidas sozinhas, na prática, com base em erros e acertos. As dificuldades encontradas na realização das atividades domiciliares variaram conforme o grau de dependência do idoso e o suporte familiar que o cuidador recebeu. As alterações no corpo e na saúde, após o início das atividades como cuidador, variaram entre as físicas, como aparecimento de dores no corpo, principalmente na coluna, e alterações psicológicas e sentimentais como estresse, depressão, angústia e aumentos das preocupações. As observações gerais dos cuidadores sobre o processo de cuidar de alguém doente variaram entre os que acreditaram que estava bom e estavam conformados com a situação, e aqueles que relataram ser uma questão de obrigação, carinho e responsabilidade. Todas as informações analisadas confirmaram que o sucesso da manutenção, recuperação ou promoção da saúde ao idoso está diretamente relacionada com o preparo e amparo das pessoas que lhes prestam cuidado. O Programa de Saúde da Família surge, nesta nova perspectiva, como uma estratégia de reforma do sistema, proporcionando Resumo mudanças importantes nas ações, na organização dos serviços e na prática da assistência à saúde com a valorização do tema família.

Métricas

Carregando Métricas ...
Publicado
2006-11-17
Como Citar
Almeida, T. L. de. (2006). Características dos cuidadores de idosos dependentes no contexto da Saúde da Família. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 2(6), 149. Recuperado de https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/38
Seção
Resumos de Tese