Utilização do telessaúde em tempos de pandemia de COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc18(45)3846

Palavras-chave:

COVID-19, Telemedicina, Pessoal de saúde.

Resumo

Introdução: O telessaúde vem ganhando cada vez mais espaço, e a pandemia contribuiu de forma significativa para o aumento exponencial em sua utilização. Objetivo: Apresentar um panorama sobre o telessaúde em tempos de pandemia de coronavirus disease 2019. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura que abrange publicações entre os anos de 2020 e 2022. As buscas foram realizadas nos meses de novembro e dezembro de 2022 nas bases de dados Google Acadêmico, Biblioteca Virtual em Saúde, PubMed e Scientific Electronic Library Online (SciELO), utilizando-se os descritores “COVID-19”, “telessaúde”, “telemedicina” e “pessoal de saúde”, combinados entre si pelo uso do operador booleano AND. Foram encontrados 449 artigos que, após a leitura dos resumos e a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, foram reduzidos a 12 trabalhos, selecionados para compor a revisão. Resultados: O telessaúde teve sua maior difusão durante o período da pandemia, pois perante as medidas restritivas de isolamento social permitiu a realização de serviços de saúde como consultas e monitoramento dos usuários. Conclusões: Apesar do avanço em sua utilização e de suas vantagens, como baixo custo e facilidade de operacionalização, problemas ainda persistem, entre eles a disponibilização de infraestrutura adequada e acesso à internet. Espera-se que o telessaúde se torne parte essencial do serviço e contribua significativamente para os serviços de saúde e os usuários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Samyla Faria de Aguiar, Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde – Vitória (ES), Brasil.

Formada no Instituto Federal Fluminense como tecnólogo em Agropecuária, Formada em Odontologia pela Universidade Iguaçu, Pós-graduada em Endodontia pelo Instituo Dentalis – Uni Redentor,  Pós-graduação em Saúde da Família e Comunidade na Faculdade de Venda Nova do Imigrante e aperfeiçoamento em Odontologia Clínica para Atenção Primária à Saúde (Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde). 

Flávia Faria Rodolfo, Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde – Vitória (ES), Brasil.

Cursou Odontologia na Universidade Iguaçu – Campus V – Itaperuna RJ. Pós – graduação em Atenção Primária pela Universidade São Camilo e Curso de Aperfeiçoamento em Odontologia Clínica para Atenção Primária à Saúde.

Wellen Góbi Botacin, Universidade Federal do Espírito Santo – Vitória (ES), Brasil.

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Especialista em Saúde Pública com ênfase em Estratégia de Saúde da Família, Mestre em Saúde Coletiva (UFES) e Doutoranda em Saúde Coletiva. 

Referências

Vidal-Alaball J, Acosta-Roja R, Hernandez NP, Luque US, Morrison D, Pérez SN, et al. Telemedicine in the face of the COVID-19 pandemic. Aten Prim 2020;(52)6:418-422. https://doi.org/10.1016/j.aprim.2020.04.003 DOI: https://doi.org/10.1016/j.aprim.2020.04.003

Machado RAB, Bartolomeu GFP, Castro CMS, Reis CMR. Percepção dos pacientes atendidos por telemedicina em serviço privado de atenção primária à saúde no contexto da pandemia de COVID-19. Rev Interdiscip Ciênc Méd 2022;(6)1:54-60.

Paloski GR, Barlem JGT, Brum AN, Barlem ELD, Rocha LP, Castanheira JS. Contribuição do telessaúde para o enfrentamento da COVID-19. Esc Anna Nery Rev Enferm 2020;(24)spe:1-6. https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2020-0287 DOI: https://doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2020-0287

Silva HCO, Ferreira KCP, Santos WL. As tecnologias da informação como estratégias para a promoção da saúde no enfrentamento da COVID-19. Rev JRG Estud Acad 2022;(5)10:314-328. https://doi.org/10.5281/zenodo.6949369

Nitiema P. Telehealth before and during the COVID-19 pandemic: analysis of health care workers' opinions. J Med Internet Res 2022;(24)2. https://doi.org/10.2196/29519 DOI: https://doi.org/10.2196/29519

Brasil [Internet]. Lei nº 14.510, de 27 de dezembro de 2022. Altera a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, para autorizar e disciplinar a prática da telessaúde em todo o território nacional, e a Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015; e revoga a Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020 [acessado em 27 dez. 2022]. Brasília, DF; 2022. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2022/lei/L14510.htm#:~:text=LEI%20N%C2%BA%2014.510%2C%20DE%2027,15%20de%20abril%20de%202020

Brasil [Internet]. Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020. Dispõe sobre o uso da telemedicina durante a crise causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2) [acessado em 27 nov. 2022]. Brasília, DF; 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/lei-n-13.989-de-15-de-abril-de-2020-252726328

Silva RS, Schimtiz TAA, Harzheim E, Molina-Bastos CG, Oliveira EB, Roman R, et al. O Papel da Telessaúde na Pandemia Covid-19: Uma Experiência Brasileira. Cien Saude Colet 2021;(26)6:2149-2157. https://doi.org/10.1590/1413-81232021266.39662020 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232021266.39662020

Associação Brasileira de Telemedicina e de Telessaúde [internet] 2022. [acesso em 06 jan. 2023]. Disponível em: https://abtms.org.br/

Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo) 2010;(8)1:102-106. https://doi.org/10.1590/S1679-45082010RW1134 DOI: https://doi.org/10.1590/s1679-45082010rw1134

Sachett JAG. Adaptação para o atendimento profissional de saúde em tempos de COVID-19: contribuições da telessaúde para o “novo normal”. J Health NPEPS 2020;(5)2:11-15. https://doi.org/10.30681/252610104877 DOI: https://doi.org/10.30681/252610104877

Carrer FCA, Matuck BF, Lucena EHG, Martins FC, Pucca Junior GA, Galante ML, et al. Teleodontologia e o Sistema Único de Saúde: Uma Ferramenta Importante para a Retomada da Atenção Primária à Saúde no Contexto da Pandemia da COVID-19. Pesq Bras Odontopediatria Clín Integr 2020;(20)1:1-12. https://doi.org/10.1590/pboci.2020.155 DOI: https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.837

Corrêa TA, Lima EPO, Silva RPP, Souza AKS, Carneiro TTA, Ramos JA et.al. Importância da utilização do teleatendimento da rede pública durante a pandemia do coronavírus: relato de experiência. Rev Eletrônica Acervo Saúde 2021;(13)11:1-5. https://doi.org/10.25248/reas.e9218.2021 DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e9218.2021

Martínez HLH, Artmann E, Cruz SCS, Farias DCS. A telemedicina no combate à Covid-19: velhos e novos desafios no acesso à saúde no município de Vitória/ES, Brasil. Saúde Debate 2022;(46)134:648-664. https://doi.org/10.1590/0103-1104202213404 DOI: https://doi.org/10.1590/0103-1104202213404

Demeke HB, Umeakunne E. Telehealth Expansion During the COVID-19 Pandemic and Beyon. Am J Nurs 2022;(122)7;23-25. 10.1097/01.NAJ.0000842236.77499.36 DOI: https://doi.org/10.1097/01.NAJ.0000842236.77499.36

Souza RQ, Menezes Junior AS, Assis CFC, Souza DQ. A aplicabilidade da telemedicina e os seus reflexos na relação médico-paciente: uma revisão integrativa. Rev Eletrônica Acervo Saúde 2022;(15)1:1-10. https://doi.org/10.25248/REAS.e9573.2022 DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e9573.2022

Downloads

Publicado

2023-12-05

Como Citar

1.
Aguiar SF de, Rodolfo FF, Botacin WG. Utilização do telessaúde em tempos de pandemia de COVID-19. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 5º de dezembro de 2023 [citado 20º de fevereiro de 2024];18(45):3846. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/3846

Edição

Seção

Especial Residência Médica

Plaudit