Exercício físico na prevenção de quedas do idoso da comunidade: revisão baseada na evidência

Joana Rita Bento, Nadina Duarte Sousa

Resumo


Introdução: A prevenção de quedas do idoso é um urgente desafio de saúde pública. O exercício físico tem-se comprovado uma intervenção preventiva eficaz. Objetivo: Rever a evidência científica mais recente, relativa à recomendação do exercício físico na prevenção de quedas do idoso da comunidade. Identificar modalidade física e regimes de frequência com maior benefício. Métodos: Efetuou-se uma pesquisa bibliográfica, utilizando os termos MeSH “aged”, “accidental falls/prevention and control” e “exercise”, nas bases de dados PubMed, Cochrane Library, National Guideline Clearinghouse, Canadian Medical Association, Evidence based Medicine e NICE Evidence Search, nos últimos 5 anos. Foram incluídos artigos que avaliassem o exercício como intervenção isolada na prevenção de quedas do indivíduo da comunidade, com ≥60 anos. Resultado avaliado: incidência de quedas. Resultados: De 637 potenciais artigos, 4 cumpriam critérios de inclusão: 2 ensaios clínicos aleatorizados controlados (ECACs), 1 estudo coorte e 1 meta-análise (MA). Globalmente, os resultados demonstram um efeito protetor do exercício físico. A MA obteve uma razão de taxas de incidência (RTI) de 0,79 (p<0,001), com o treino de equilíbrio (RTI=0,85, p=0,04) e maior dose semanal (RTI=0,77, p=0,03) a demonstrarem-se mais efetivos. Contrariamente, um ECAC demonstrou superioridade na marcha. O estudo coorte revelou maior benefício em participações ≥3 anos (RTI=0,90; p=0,03). Conclusão: O exercício físico é efetivo na prevenção de quedas do idoso da comunidade. Treinos de equilíbrio e práticas semanais ≥3 horas demonstraram melhores resultados (SORT A). A sua manutenção deve ser incentivada a longo prazo (SORT B).


Palavras-chave


Acidentes por Quedas. Acidentes por Quedas/prevenção & controle. Exercício Físico. Idoso

Texto completo:

PDF/A

Referências


Serviço de Estudos sobre a População do Departamento de Estatísticas Censitárias e da População. O envelhecimento em Portugal - Situação demográfica e sócio-econômica recente das pessoas idosas. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística; 2002

Instituto Nacional de Estatística. Censos 2011 Resultados Definitivos – Portugal. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística; 2012

World Health Organization. WHO Global Report on Falls Prevention in Older Age. [Internet]. Geneva: WHO; 2007 [acesso 07 Out 2017]. Disponível em: http://www.who.int/ageing/publications/Falls_prevention7March.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Estatuto do idoso. Brasília: Ministério da Saúde; 2009.

Rubenstein LZ. Falls in older people: epidemiology, risk factors and strategies for prevention. Age Ageing. 2006;35-S2:ii37-ii41. DOI: http://dx.doi.org/10.1093/ageing/afl084

Guideline for the prevention of falls in older persons. American Geriatrics Society, British Geriatrics Society, and American Academy of Orthopaedic Surgeons Panel on Falls Prevention. J Am Geriatr Soc. 2001;49(5):664-72.

Panel on Prevention of Falls in Older Persons, American Geriatrics Society and British Geriatrics Society. Summary of the Updated American Geriatrics Society/British Geriatrics Society clinical practice guideline for prevention of falls in older persons. J Am Geriatr Soc. 2011;59(1):148-57. DOI: http://dx.doi.org/10.1111/j.1532-5415.2010.03234.x

Inouye SK, Studenski S, Tinetti ME, Kuchel GA. Geriatric syndromes: clinical, research and policy implications of a core geriatric concept. J Am Geriatr Soc. 2007;55(5):780-91. DOI: http://dx.doi.org/10.1111/j.1532-5415.2007.01156.x

Falsarella GR, Gasparotto LPR, Coimbra AMV. Quedas: conceitos, frequências e aplicações à assistência ao idoso. Revisão da literatura. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2014;17(4):897-910. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-9823.2014.13064

Sherrington C, Tiedemann A, Fairhall N, Close JC, Lord SR. Exercise to prevent falls in older adults: an updated meta-analysis and best practice recommendations. N S W Public Health Bull. 2011; 22(3-4):78-83.

Gillespie LD, Robertson MC, Gillespie WJ, Sherrington C, Gates S, Clemson LM, et al. Interventions for preventing falls in older people living in the community. Cochrane Database Syst Rev. 2012;(9):CD007146.

Gawler S, Skelton DA, Dinan-Young S, Masud T, Morris RW, Griffin M, et al. Reducing falls among older people in general practice: The ProAct65+ exercise intervention trial. Arch Gerontol Geriatr. 2016;67:46-54.

Okubo Y, Osuka Y, Jung S, Rafael F, Tsujimoto T, Aiba T, et al. Walking can be more effective than balance training in fall prevention among community-dwelling older adults. Geriatr Gerontol Int. 2016;16(1):118-25. DOI: 10.1111/ggi.12444

Wurzer B, Waters DL, Hale LA, Leon de la Barra S. Long-term participation in peer-led fall prevention classes predicts lower fall incidence. Arch Phys Med Rehabil. 2014;95(6):1060-6. DOI: 10.1016/j.apmr.2014.01.018

Sherrington C, Michaleff ZA, Fairhall N, Paul SS, Tiedemann A, Whitney J, et al. Exercise to prevent falls in older adults: an updated systematic review and meta-analysis. Br J Sports Med. 2017;51(24):1750-8. DOI: 10.1136/bjsports-2016-096547




DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc12(39)1658

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia