Implantação do monitoramento e avaliação da qualidade das informações do SIAB - resposta a uma necessidade cotidiana na gestão da Atenção Primária à Saúde

Ana Lucia Martins de Azevedo, Maria Goretti M. M. Barbosa, Juliana Siqueira Santos

Resumo


A Estratégia Saúde da Família tem alcançado um importante avanço no que se refere ao acesso aos serviços de saúde por parte da população, por meio da crescente expansão no número de equipes e de famílias assistidas. Com o objetivo de monitorar e avaliar a implantação e os resultados da ESF, pelos dados fornecidos pelas equipes, o Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB), foi implantado em 1999. É imprescindível a utilização desse banco de dados por parte dos gestores municipais para o monitoramento e a avaliação, de forma permanente, das ações desenvolvidas nesse nível de atenção, bem como das informações fornecidas ao sistema de informações, propiciando a construção de indicadores fidedignos para o Sistema Único de Saúde. O relato dessa prática no âmbito do Distrito Sanitário IV, em Recife, PE, é alvo deste artigo.


Palavras-chave


Saúde da Família; Sistema de Informação; Avaliação em Saúde; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5712/rbmfc2(6)32

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2006 Ana Lucia Martins de Azevedo, Maria Goretti M. M. Barbosa, Juliana Siqueira Santos



 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia