Percepções acerca das mudanças na relação médico-paciente durante a pandemia por COVID-19 à luz das narrativas médicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc18(45)3509

Palavras-chave:

Pandemias, Relação médico-paciente, Medicina narrativa.

Resumo

Introdução: A relação médico-paciente tem sido muito estudada ao longo dos anos e sua importância na prática médica é um consenso. No final do ano de 2019 o mundo começou a luta contra a pandemia causada pelo novo coronavírus. Os médicos de família e comunidade atuaram na linha de frente da pandemia. Objetivo: Este estudo teve como objetivo analisar as percepções dos médicos de família e comunidade na relação médico-paciente durante a pandemia da COVID-19. Métodos: Trata-se de um estudo qualitativo de análise do conteúdo das narrativas médicas, publicadas no blog "Causos Clínicos". O corpus de análise seguiu a metodologia proposta por Bardin. Resultados: Foram identificadas 42 narrativas com a temática de COVID-19 e relação médico-paciente. Após a análise de conteúdo, foram identificadas três categorias: emoções, contato físico e mudanças no sistema de saúde. Cada uma delas teve subcategorias específicas de acordo com as características das narrativas, podendo estar relacionada com “fortalezas e enfrentamentos”: emoções conflituosas de saúde mental pessoais e também relacionadas ao papel social do médico; a necessidade do distanciamento social, reduzindo o contato físico; mudanças no sistema de saúde próprias desse período, como persistência de demandas clínicas e sociais, redução da disponibilidade de consultas presenciais e falta de insumos básicos de proteção; ou “barreiras e dificuldades”: exercício da empatia; prática da escuta qualificada, do olhar atento e de habilidades de comunicação, além do uso da telemedicina. As informações obtidas na literatura corroboram os resultados encontrados nesta pesquisa. Quanto às limitações, este estudo contemplou apenas o olhar do médico e reuniu outras informações relevantes sobre a temática que não puderam ser incluídas nos resultados. Conclusões: De posse das informações obtidas neste trabalho foi possível concluir que de fato a relação médico-paciente sofreu alterações diante das variáveis identificadas, porém as narrativas revelam que mesmo em tempos de crise é possível estabelecer ligações significativas entre o médico e o paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Roubille C, Ribstein J, Hurpin G, Fesler P, Fiat E, Roubille F. Confidence vanished or impaired until distrust in the doctor-patient relationship because of COVID-19: Confidence vanished or impaired until distrust: “COVID” in relationship. Rev Med Interne 2021;42(1):56-60. https://doi.org/10.1016/j.revmed.2020.10.007 DOI: https://doi.org/10.1016/j.revmed.2020.10.007

Gomes VTS, Rodrigues RO, Gomes RNS, Gomes MS, Viana LVM, Silva FS. The doctor-patient relationship in the context of the COVID-19 pandemic. Rev Assoc Med Bras (1992) 2020;66(Suppl 2):7-9. https://doi.org/10.1590/1806-9282.66.S2.7 DOI: https://doi.org/10.1590/1806-9282.66.s2.7

ABIM Foundation. ACP-ASIM Foundation. European Federation of Internal Medicine. Medical professionalism in the new millennium: a physician charter. Ann Intern Med 2002;136(3):243-6. https://doi.org/10.7326/0003-4819-136-3-200202050-00012 DOI: https://doi.org/10.7326/0003-4819-136-3-200202050-00012

Lipsitch M, Swerdlow DL, Finelli L. Defining the epidemiology of Covid-19: studies needed. N Engl J Med 2020;382(13):1194-6. https://doi.org/10.1056/NEJMp2002125 DOI: https://doi.org/10.1056/NEJMp2002125

Scabini LFS, Ribas LC, Neiva MB, Junior AGB, Farfán AJF, Bruno OM. Social interaction layers in complex networks for the dynamical epidemic modeling of COVID-19 in Brazil. Physica A 2021;564:125498. https://doi.org/10.1016/j.physa.2020.125498 DOI: https://doi.org/10.1016/j.physa.2020.125498

Lown B. Arte perdida de curar. 2a ed. São Paulo: Peirópolis; 2008.

Zhou Y, Chein S, Liao Y, Wu Q, Ma Y, Wang D, et al. General perception of doctor-patient relationship from patients during the COVID-19 pandemic in China: a cross-sectional study. Front Public Health 2021;9:646486. https://doi.org/10.3389/fpubh.2021.646486 DOI: https://doi.org/10.3389/fpubh.2021.646486

Gusso G, Lopes JMC, Dias LC. Tratado de medicina de família e comunidade: princípios, formação e prática. 2a ed. Porto Alegre: Artmed; 2018.

Li DKT. Challenges and responsibilities of family doctors in the new global coronavirus outbreak. Fam Med Community Health 2020;8(1):e000333. https://doi.org/10.1136/fmch-2020-000333 DOI: https://doi.org/10.1136/fmch-2020-000333

Hashim MJ. Principles of family medicine and general practice – defining the five core values of the specialt. J Prim Health Care 2016;8(4):283-7. https://doi.org/10.1071/HC16006 DOI: https://doi.org/10.1071/HC16006

Charon R. The patient-physician relationship. Narrative medicine: a model of empathy, reflection, profession, and trust. JAMA 2001;286(15):1897-902. https://doi.org/10.1001/jama.286.15.1897 DOI: https://doi.org/10.1001/jama.286.15.1897

Bardin L. Análise de conteúdo. 1a ed. São Paulo: Edições 70; 2011.

Stewart M, Brown JB, Weston WW, McWhinney IR, McWilliam CL, Freeman TR. Medicina centrada na pessoa: transformando o método clínico. 3a ed. Porto Alegre: Artmed; 2017.

Ghosh A, Sharma K, Choudhury S. COVID-19 and physician-patient relationship: potential effects of 'masking', 'distancing' and 'others'. Fam Pract 2021;38(2):193-4. https://doi.org/10.1093/fampra/cmaa092 DOI: https://doi.org/10.1093/fampra/cmaa092

Prado AD, Peixoto BC, Silva AMB, Scalia LAM. A saúde mental dos profissionais de saúde frente à pandemia do COVID-19: uma revisão integrativa. REAS 2020;46:e4128. https://doi.org/10.25248/reas.e4128.2020 DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e4128.2020

Teixeira CFS, Soares CM, Souza EA, Lisboa ES, Pinto ICM, Andrade LR, et al. A saúde dos profissionais de saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Ciênc Saúde Coletiva 2020;25(9):3465-74. https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.19562020 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.19562020

Ramos-Cerqueira ARA, Lima MCP. A formação da identidade do médico: implicações para o ensino de graduação em Medicina. Interface – Comunic Saúde Educ 2002;6(11):107-16. https://doi.org/10.1590/S1414-32832002000200008 DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-32832002000200008

Sassi AP, Seminotti EP, Paredes EAP, Vieira MB. O ideal profissional na formação médica. Rev Bras Educ Med 2020;44(1):e044. https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.1-20190062 DOI: https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.1-20190062

Paiano M, Jaques AE, Nacamura PAB, Salci M. Radovanovic CAT, Carreira L. Saúde mental dos profissionais de saúde na China durante a pandemia do novo coronavírus: revisão integrativa. Rev Bras Enferm 2020;73(suppl 2):e20200338. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2020-0338 DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2020-0338

Stewart M, Brown JB, Weston WW, McWhinney IR, McWilliam CL, Freeman TR. Medicina centrada na pessoa: transformando o método clínico. 3a ed. Porto Alegre: Artmed; 2017.

Charon R, Hermann N, Devlin MJ. Close reading and creative writing in clinical education: teaching attention, representation, and affiliation. Acad Med 2016;91(3):345-50. https://doi.org/10.1097/ACM.0000000000000827 DOI: https://doi.org/10.1097/ACM.0000000000000827

Mheidly N, Fares MY, Zalzale H, Fares J. Effect of face masks on interpersonal communication during the COVID-19 pandemic. Front Public Health 2020;8:582191. https://doi.org/10.3389/fpubh.2020.582191 DOI: https://doi.org/10.3389/fpubh.2020.582191

Simpson KJ, Porter BR. The new normal: patient-physician relationships during COVID-1. Methodist Debakey Cardiovasc J 2020;16(2):181-2. https://doi.org/10.14797/mdcj-16-2-181 DOI: https://doi.org/10.14797/mdcj-16-2-181

Carrió FB. Entrevista clínica: habilidades de comunicação para profissionais de saúde. 1a ed. Porto Alegre: Artmed; 2012.

Teixeira CP, Favoreto CAO, Santos DVD, Savassi LCM, Guilam MCR, Machado MFAS, Pinto MEB. COVID-19 e atenção primária: as experiências nos territórios (Rede Profsaúde). Rio de Janeiro: Anais/Sessões temáticas/PRO; 2020.

Publicado

2023-10-08

Como Citar

1.
Machado M, Franco C. Percepções acerca das mudanças na relação médico-paciente durante a pandemia por COVID-19 à luz das narrativas médicas . Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 8º de outubro de 2023 [citado 18º de julho de 2024];18(45):3509. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/3509

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa

Plaudit