Metodologias ativas: um relato de experiência de estudantes de graduação em medicina da Universidade Vila Velha na disciplina de Interação Comunitária

  • Marcello Dala Bernardina Dalla Universidade Vila Velha (UVV). Vila Velha, ES
  • Gabriel Alfena Gamaro de Moura Universidade Vila Velha (UVV). Vila Velha, ES,
  • Mariana Scandian Bergamaschi Universidade Vila Velha (UVV). Vila Velha, ES,
Palavras-chave: Integração Comunitária, Educação Médica, Aprendizagem Baseada em Problemas

Resumo

Este artigo relata a experiência de aplicação de metodologias ativas na disciplina “Programa de Interação Serviço Ensino e Comunidade” (PISEC) do curso de Medicina da Universidade Vila Velha (UVV). Utilizou-se a metodologia da problematização, que consiste em cinco passos: observação da realidade; definição de pontos-chave; teorização; hipótese de solução e aplicação à realidade. A problematização oportuniza a reflexão mediada pelo professor sobre atividades de interação, sendo um elemento chave para a satisfação pessoal dos alunos e para a melhoria do processo de aprendizagem.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marcello Dala Bernardina Dalla, Universidade Vila Velha (UVV). Vila Velha, ES
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Espírito Santo (1989) e mestrado em Educação pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2002). Atualmente é médico de família e comunidade (concursado) da Secretaria de estado da Saúde do Espírito Santo (SESA) e professor adjunto I do Curso de Medicina ( método PBL) do Centro Universitário de Vila Velha. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina de família e comunidade, atuando principalmente nos seguintes temas: atenção primária à saúde, planejamento em saúde, educação médica, educação permanente, sistema único de saúde, saúde da família e saúde pública.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq

Gabriel Alfena Gamaro de Moura, Universidade Vila Velha (UVV). Vila Velha, ES,
Estudante do curso de Medicina da Universidade Vila Velha - UVV.
Mariana Scandian Bergamaschi, Universidade Vila Velha (UVV). Vila Velha, ES,
Estudante do curso de Medicina da Universidade Vila Velha - UVV.

Referências

Lima VV, Komatsu RS, Padilha RQ. Desafios ao desenvolvimento de um currículo inovador: a experiência da Faculdade de Medicina de Marília. Interface (Botucatu) [Internet]. 2003 Feb [acesso em 2012 Aug 18];7(12). http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832003000100021

Universidade Vila Velha (UVV). Curso de Medicina [Internet]. Vila Velha (ES): Universidade Vila Velha; [atualizado em 2012 Aug 31; acesso em 2012 Sep 01]. Disponível em: http://www.uvv.br/cursos-graduacao/69/medicina.aspx

Mamede S, Penaforte J, Schmidt H, Caprara A, Tomaz JB, Sá H. Aprendizagem baseada em problemas: anatomia de uma nova abordagem educacional. Fortaleza: Escola de Saúde Pública; São Paulo: Editora Hucitec; 2001.

Wood DF. ABC of learning and teaching in medicine: Problem based learning. British Medical Journal [Internet]. 2003 Feb [acesso em 2012 Sep 01];326:328. http://dx.doi.org/10.1136/bmj.326.7384.328

Bordenave JD, Pereira AM. Estratégias de ensino-aprendizagem. 19ª ed. Petrópolis: Vozes; 1998.

Berbel NAN. A problematização e a aprendizagem baseada em problemas: diferentes termos ou diferentes caminhos? Interface (Botucatu) [Internet]. 1998 Feb [acesso em 2009 Dec 24];2(2). http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32831998000100008

Cyrino EG, Toralles-Pereira ML. Trabalhando com estratégias de ensino-aprendizado por descoberta na área da saúde: a problematização e a aprendizagem baseada em problemas. Cad Saúde Pública [Internet]. 2004 Jun [acesso em 2009 Dec24];20(3)780-788. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000300015

Santos CMC, Pimenta CAM, Nobre MRC. A estratégia PICO para a construção da pergunta de pesquisa e busca de evidências. Rev Lat Am Enfermagem [Internet]. 2007 May-Jun [acesso em 2012 Sep02];15(3). http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692007000300023

Nobre MRC, Bernardo WM, Jatene FB. A prática clínica baseada em evidências. Parte I: questões clínicas bem construídas. Rev Assoc Med Bras [Internet]. 2003 [acesso em 2012 Sep 02];49(4):445-449. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302003000400039

Johnson AK, Scott CS. Relationship between early clinical exposure and first-year students’ attitudes toward medical education. Acad Med. 1998 Apr;73(4). PMID: 9580722

Wilson M, Cleland J. Evidence for the acceptability and academic success of an innovative remote and rural extended placement. Rural Remote Health [Internet]. 2008 Jul-Sep [acesso em 2010 Oct 20];8(3)960. Disponível em http://www.rrh.org.au/articles/subviewnew.asp?ArticleID=960

Jones GI, DeWitt DE, Elliott SL. Medical students’ reported barriers to training at a Rural Clinical School. Aust J Rural Health [Internet]. 2005 Oct [acesso em 2010 Oct20];13(5). http://dx.doi.org/10.1111/j.1440-1584.2005.00716.x

Eley D, Baker P. Does recruitment lead to retention? Rural Clinical School training experiences and subsequent intern choices. Rural Remote Health[Internet].2006 Jan-Mar [acesso em 2010 Oct 20];6(1):511. Disponível em: http://www.rrh.org.au/articles/subviewnew.asp?ArticleID=511

Newbury JW, Shannon S, Ryan V, Whitrow M. Development of ‘rural week’ for medical students: impact and quality report. Rural Remote Health [Internet]. 2005 Jul-Sep [acesso em 2010 Oct 20];5(3):432. Disponível em: http://www.rrh.org.au/publishedarticles/article_print_432.pdf

Leung KK, Liu WJ, Wang WD, Chen CY. Factors affecting students’ evaluation in a community service-learning program.Adv Health Sci Educ Theory Pract [Internet]. 2007 Nov [acesso em 2010 Oct 20];12(4):475-490. http://www.dx.doi.org/10.1007/s10459-006-9019-1

Stellman JM, Cohen S, Rosenfield A. Evaluation of a one-year Masters of Public Health program for medical students between their third and fourth years. Acad Med [Internet]. 2008 Apr [acesso em 2010 Oct]; 83(4). http://dx.doi.org/10.1097/01.ACM.0b013e318166af00

Publicado
2015-03-31
Como Citar
Dalla, M. D. B., Moura, G. A. G. de, & Bergamaschi, M. S. (2015). Metodologias ativas: um relato de experiência de estudantes de graduação em medicina da Universidade Vila Velha na disciplina de Interação Comunitária. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 10(34), 1-6. https://doi.org/10.5712/rbmfc10(34)647
Seção
Relatos de Experiência